SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

segunda-feira, 18 de março de 2013

ATÉ QUANDO?


O Pastor Marco Feliciano é “um achado”. Quem diz isso é o próprio. E ele conta: “Já perguntei para Deus porque ele me levantou. Fui pego pelo laço. (Folha de S.Paulo, A14, poder, domingo, 17 de março de 2013).
Assim, começa o artigo sobre o homem apontado a presidir a Comissão dos Direitos Humanos da Câmara, pois bem, ainda por cima, o dito cujo se diz ser, “doutor em divindade”, e, pelo visto, conseguiu o que queria, ser rico e famoso, porque a maioria das pessoas tendem a dar credibilidade a quem tem a ousadia de se julgar um ser especial de Deus, ninguém questiona isso, agora, se uma pessoa honesta, franca e séria diz que Deus não existe, esta maioria cai de pau encima, totalmente indignada, a impressão que eu tenho é que a ignorância é maior do que a gente pensa.
Pois bem, quanto ao Sr. Feliciano, o mais grave ainda é que segundo a imprensa, ele é acusado de racista e homofóbico, parece-me que a crença num homem que se diz ter intimidade com Deus vale mais do que o seu lado ético. Até quando essas pessoas vão continuar dentro da Caverna de Platão, enxergando apenas o mundo irreal, até quando?

Anibal Werneck de Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO DÁ PRA FICAR CALADO

Confesso que não estou aguentando mais este silêncio de Deus frente aos horrores que vêm acontecendo no planeta. Será que as religiões estão...