quinta-feira, 23 de março de 2017

AUTOBELAS CD1 ANIBAL WERNECK 2017



Eis aí a primeira parte do meu novo CD, AUTOBELAS, com 11 faixas, sendo três de parceria com Armindo Torres e Celso Lourenço. Deste modo, resolvi deixá-lo disponível  no You Tube para os interessados. Tenham uma boa viagem através das melodias.

anibal werneck de freitas.

sábado, 18 de março de 2017

O MUNDO É COMPLEXO

o mundo é mais complexo do que você possa imaginar. e é esta complexidade que faz dele algo muito interessante. tanto assim que as religiões tentam explicar esta complexidade e cada uma fala uma coisa diferente da outra. resumindo: ninguém tem certeza de nada.
o único caminho certo é o da ciência que tem mostrado o seu progresso através dos séculos, enquanto que a religião parou no tempo. religiosamente, o homem do século xxi continua igualzinho ao do século xviii. se eu estiver falando uma inverdade, corrige-me.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

AUTOBELAS - anibal werneck & Armindo Torres



Hoje, graças à internet, podemos divulgar a nossa música sem passar pelo crivo das gravadoras. Foi-se o tempo em que o artista tinha que se sujeitar à vontade de uma RCA Victor. Ainda bem. Melhor assim.

anibal werneck de freitas.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

O NOSSO NOSSO

Um dia quem sabe?
Algo saia do meu
e exploda forte
dentro do seu.

Fazendo com que
o meu e o seu
virem uma vida
muito querida.

E quando isso acontecer,
o meu meu deixará
de ser meu.
E quando isso acontecer,
o seu seu deixará
de ser seu.

Surgindo assim
o nosso nosso,
nosso nosso,
nosso.

anibal werneck de freitas.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

MESMO QUE TARDIA

Tece minh'alma nos umbrais do mundo
A teia ínfima da sã e bendita sabedoria
Frágil como a seda que se rasga no mar
Uma tênue esperança mesmo que tardia.

Tal como o carro fulgurante de Apolo
Ilumino o cotidiano que bate nas rochas
Suas ondas incertas, mas sempre fortes
Me fazem perder nas trilhas danosas

Que se perdem nos meandros da vida
Na qual busco encontrar meu caminho
A força que me põe rumo à felicidade
Que ardilosa se esconde no meu ninho.

anibal werneck de freitas.