SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

sábado, 9 de janeiro de 2016

ESTOU DECEPCIONADO COM A MINHA GERAÇÃO

Eu estou decepcionado com a minha geração, geração dos hippies, que tinha em mente derrubar um mundo que caia aos pedaços e que continua caindo, porque a maioria não fez nada para melhorá-lo, reivindicávamos um mundo novo, um mundo transparente, um mundo sem mordaça, completamente livre de todos os preconceitos, mas qual, o que vejo é o mesmo caminho velho, dominado pelas religiões [lavagem cerebral], pela ganância [corrupção], pela hipocrisia e por aí vai, confesso, tenho vergonha da minha geração que foi engolida pelo Capitalismo, todo mundo, praticamente, está mais preocupado com o que tem, o resto que se dane, por isso é que as coisas estão ficando cada vez mais difíceis, nossas casas parecem prisões cheias de grades. Gente, o mundo está morrendo, e ninguém parece se dar conta disso, portanto, algo tem que ser feito e podemos começar através de leituras mais ousadas, questionando tudo aquilo que os antigos no passaram, porque na verdade estamos agindo iguaizinhos a eles, ou seja, comodidade, aceitar tudo passivamente, deixando nossa alma completamente letárgica, destruindo assim o nosso espírito inquieto, a verdadeira violência não é a dos terroristas e nem a dos traficantes, eles são apenas consequências da nossa omissão por uma vida mais verdadeira, o fingimento é tão evidente e já vem traduzido nos sorrisos de muitas pessoas. Na minha juventude, éramos contrários a tudo isso, todavia, depois que adquirimos um certo status, as coisas sofreram um retrocesso vergonhoso, confesso, estou decepcionado com a minha geração.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO DÁ PRA FICAR CALADO

Confesso que não estou aguentando mais este silêncio de Deus frente aos horrores que vêm acontecendo no planeta. Será que as religiões estão...