quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

MINHA OPÇÃO AUTÊNTICA

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Assim como o teísmo, o ateísmo também é fruto da imaginação, ou seja, pode ser e pode não ser, e depois, caso Deus exista, que diferença faz para ele a minha descrença ou a sua crença, tudo dá no mesmo, agora, optar pela crença ou pela descrença é outra coisa, eu, por exemplo, optei pela descrença porque não consigo entender como um mundo tão ruim quanto ao nosso possa ser obra de um ser bondoso como pregam as religiões, é por demais contraditório, aquela comparação do relógio que para existir alguém está por trás como prova da existência de Deus não cola e muito menos uma flor que pode gerar outra, porque se fosse obra de Deus, a própria flor não produziria por si mesma outra igual, e, a natureza está cheia desta situação, o que observamos é que ela é tão complexa, sem levar em conta que tudo começou numa única célula que foi evoluindo, evoluindo e continua evoluindo por conta própria "ad infinito", não tem como colocar Deus nesta história e depois, como já relatei acima, neste mundo tem mais coisas ruins do que boas e olha que nas boas tem ainda muitos problemas, um dia está bom, no outro não, portanto, respeito sua opção mas, na minha concepção, a presença de Deus não funciona, isso sem falar na sua indiferença para com aqueles que o adoram, imagine então para com os ateus, sendo assim, já tentei acreditar, todavia, quando vejo notícias de religiosos matando em seu nome, chacinas dentro de igrejas, a forma como os cristãos colonizaram a América, com uma cruz na mão e na outra uma arma, não dá para acreditar neste ser poderoso que é incapaz de fazer com que seus devotos sejam as melhores pessoas do mundo, pelo contrário, parece que ele [Deus] impinge mais ódio que amor no coração dessa gente, imaginação ou não, só sei que optei pelo ateísmo e confesso que me sinto mais autêntico.


anibal werneck de freitas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O CRENTE E O DESCRENTE ESTÃO NO MESMO PATAMAR. anibal werneck de freitas.