terça-feira, 18 de outubro de 2016

RESPEITANDO O LIMITE



Os ateus citam o livro de Michael Sherner, Cérebro e Crença, porque o autor afirma que todas as religiões do mundo foram criadas pelo homem. No entanto, eles se esquecem de que a não-crença é também fruto da nossa imaginação. Portanto, acreditar em deus ou deuses, dá no mesmo que não acreditar em ambos. O interessante da vida é esta incerteza nas coisas que fogem dos nossos sentidos. Por exemplo, já pensou se soubéssemos com toda a certeza da existência de um céu, muitos doentes terminais ou pessoas infelizes dariam cabo de suas vidas. Sendo assim, eu acho que do jeito em que as coisas estão é o certo. E depois, o mais importante é se preocupar com a nossa vida, a qual nós temos toda a certeza de sua existência. Respeitando os seus limites e fazendo alguma coisa para melhorá-la cada vez mais. Não podemos perder o tempo com coisas que estão fora do nosso alcance. Mas alguém pode questionar, As religiões foram reveladas por Deus. Aí, eu faço a seguinte pergunta, por que as religiões são diferentes umas das outras?, neste caso não existe um único deus e sim, muitos deuses.
Na verdade, a nossa única certeza está na ciência, que faz experiências para obter o mesmo resultado. Deste modo, o mais importante é colocar o chapéu no lugar que está ao nosso alcance.

*O vídeo é para uma reflexão.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A VIDA NÃO É O QUE PENSAMOS  OU DEIXAMOS DE PENSAR.