sexta-feira, 4 de novembro de 2016

A VIDA COMO ELA É


Somos eternos através dos nossos filhos. Sei que muita gente não gosta de ouvir esta verdade. Confesso que tentei ver a coisa por outro ângulo, mas vi que é pura ilusão. O problema é que nós carregamos a semente do egocentrismo. Não aceitamos a morte como o fim de tudo e deste modo viajamos na maionese de que somos eternos. A própria Bíblia é muito clara, Somos pó e a ele retornaremos. 
Por isso devemos valorizar esta vida que estamos usufruindo. Milhões de seres não tiveram a mesma sorte. A bem da verdade, estamos nesta vida porque uma série de fatores naturais ocorreram para erigir nossa existência. 
Deixar de existir um dia não é tão ruim assim. Pelo menos
deixaremos de sofrer. 
Ao invés de ficarmos apegados às crendices religiosas, devemos aproveitar o tempo desenvolvendo nossa inteligência. Fomos criados pela natureza para junto com ela evoluirmos para um mundo melhor. Chega de imaginar coisas mirabolantes, a vida aqui é o que importa. Confesso que andei tentando mudar, todavia, percebi o abismo que estava se abrindo sob os meus pés, ou seja, o abismo da ignorância. ainda bem que voltei atrás e estou tentando passar para quem quiser se libertar o pouco do que eu sei. Nós não somos um trem que só anda nos trilhos e muito menos ovelhas que só fazem aquilo que o pastor quer. Está na hora de acordar para o nosso verdadeiro propósito aqui neste planeta, ou seja, viver a vida como ela é realmente.

anibal werneck de freitas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A VIDA NÃO É O QUE PENSAMOS  OU DEIXAMOS DE PENSAR.