SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

quarta-feira, 15 de junho de 2016

CANTO PELA ARTE


Por mais absurdo que seja o credo de um religioso, eu o respeito, por isso exijo o mesmo pela minha descrença, pois bem, por outro lado, creio que vim ao mundo para dar satisfação, devido à minha maneira polêmica de ser. Um dia, uma pessoa, não vou dizer o nome, me parou na rua e me disse, Anibal, eu vi você cantando música sacra em latim da Igreja Católica na internet e no entanto se diz agnóstico. Respondi que uma coisa não tem nada a ver com a outra, eu não preciso ser religioso para cantar música religiosa, basta apenas eu gostar da melodia e, em se tratando deste gênero musical eu sou fascinado, porque as músicas mais bonitas são as que têm a letra em latim, uma língua bonita e bastante sonora. Pois é, meu caro ou minha cara, vocês me verão sempre cantando coisas assim, o que me leva a isso é a arte, ela está sempre acima de tudo, e digo mais, quem é religioso, deveria se sentir bem, vendo um irreligioso cantando, com respeito, uma música da sua religião. Eu sempre fui assim, se pegarem o meu repertório de minhas composições que está no You Tube, cerca de mais de 600 vídeos, verão muita música de cunho religioso, principalmente as da época em que eu era crente. O que eu faço, acho bastante normal, o que não é normal é o Roberto Carlos que deixou de cantar, Quero Que Tudo Vá Pro Inferno, porque na letra da dita cuja tem a palavra, inferno.
Portanto, se aparecer uma música religiosa bonita, não hesitarei em cantá-la.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- A FILOSOFIA É A MINHA RELIGIÃO. - NENHUMA RELIGIÃO É MELHOR QUE A OUTRA, PORQUE A VERDADE É UMA SÓ. - A VERDADE ESTÁ ENTRE O CRENTE E O ...