terça-feira, 19 de janeiro de 2016

AFORISMANDO [5]













- O mal das religiões é tentar traduzir a vontade de Deus.
- Saia da minha frente, porque estou tomando meu banho de sol.
- Por que quero ser feliz se eu não sei o que é ser feliz?
- Não tenho medo do medo imposto àqueles que saem do bloco.
- Minha arma é do tamanho do mundo, porque eu gosto de atirar nas estrelas.
- Posto que sou homem na solidão, mas poeta na comunhão.
- Quando olho pra dentro de mim, me vejo por fora.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A VIDA NÃO É O QUE PENSAMOS  OU DEIXAMOS DE PENSAR.