SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

ANDINHO (PARA SEMPRE)



23 anos sem o Ânderson Panza (para sempre), o amigo e parceiro de viola e festivais de música em Pirapetinga(MG). 
Jovem ainda, partiu de maneira trágica num domingo de 2 de agosto de 1992, num acidente de moto, entre Ribeiro Junqueira e Leopoldina(MG). 
Quando o Celso Lourenço e o Sinval chegaram à minha casa, dando a notícia do seu passamento, infelizmente, eu já sabia do ocorrido, através do meu sobrinho, Eric. 
Foi realmente muito triste. O Andinho, como gostava de ser chamado, cantava e compunha com muito sentimento, era a sua vida, e, por isso mesmo, era muito cortejado pelas garotas, praticamente um galã, todavia, o que fazer, o destino quis assim, e, deste modo, aqui está a minha simples e saudosista homenagem. 
Andinho, onde quer que esteja, valeu!

*Segue a gravação que fiz da música, Primavera Curió, de sua autoria e que fez muito sucesso num dos festivais de Pirapetinga, chamando até a atenção do pároco local, Pe. Waltency.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO DÁ PRA FICAR CALADO

Confesso que não estou aguentando mais este silêncio de Deus frente aos horrores que vêm acontecendo no planeta. Será que as religiões estão...