terça-feira, 3 de março de 2015

DA QUANTIDADE SURGE A QUALIDADE


Caímos num vácuo de rotas, nunca tivemos tantos criadores, tanta produção cultural enchendo nossos olhos e ouvidos com uma euforia medíocre, mas autêntica, É uma sentença infeliz, extraída do texto, O assunto é o autor do autor, de Arnaldo Jabor, publicado no jornal, O Tempo, em 3.3.15, que soou como puro preconceito, dando-me a entender que só os famosos são qualitativos devido ao modo radical da sua crítica, agora, o problema é que o mundo está caminhando para o dia em que os consagrados não existirão mais como casta pura e única, todos terão a sua vez e em meio a tudo isso, continuaremos com os bons, os medíocres e os ruins, e, quanto ao Jabor, tal como Dom Quixote, está na verdade confundindo moinhos com monstros.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANGELS AND DEMONS

The angels are flesh and blood, they are always helping and protecting us, are our parents, siblings, friends, even strangers. Thanks to th...