quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

SOMOS MONITORADOS?




 É muito triste chegar a esta conclusão de que o mundo é praticamente programado nos mínimos detalhes, existem brechas que só cabem aos seres inteligentes alterar alguma coisa, no cômputo geral somos dirigidos automaticamente a fazer o que nos foi traçado, temos como exemplo a mesma maneira como o cachorro age desde quando surgiu o primeiro, a ciência descobriu que nós estamos programados até para morrer, tem gente que falece de uma hora pra outra e a medicina não sabe explicar o porquê, a gente mesmo faz coisas de modo automático sem ter recebido ordens do cérebro, quantos lutam pra vencer na vida e só conhecem o fracasso, acredito até que não somos tão responsáveis pelo o que fazemos de bom ou de ruim, sei lá, sinto que tem algo tentando nos controlar o tempo todo, parece que somos monitorados e não sabemos, se você não acredita, tente fazer algo bem diferente do seu dia a dia, você além de não conseguir vai se sentir péssimo.

Anibal Werneck de Freitas.
                                                                                                                                                             

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

XXI, O PIOR SÉCULO


O século XXI está sendo considerado o mais violento de todos, nunca se matou tanto em nome de deus, o planeta está parecendo um caldeirão de pólvora, a intolerância religiosa graça por toda parte, nossos líderes nunca foram tão fracos como os de agora, o número de religiosos aumenta vertiginosamente à medida em que o mundo piora, por sua vez, o progresso científico tem atendido apenas o lado superficial do homem, a cada dia que se passa aumenta a individualidade, de boca pra fora todo mundo diz que acredita em deus, mas vive uma vida totalmente mundana, neste caso eu prefiro o ateísmo que não tem nada a esconder, pelo menos é mais autêntico, todavia, infelizmente, é rejeitado principalmente pelos crentes, eu mesmo, depois que me declarei ateu, senti que muita gente se afastou de mim, mas eu não ligo não, melhor assim, devo dizer que o preconceito é o pior caminho da ignorância, já fui religioso e sei o que estou dizendo, o preconceito é a única coisa que abomino e, sinto dizer, que ele está mais enraizado nas religiões, respoda-me se estou errado, hoje, quando falei que um sujeito matou o irmão com inúmeras facadas, aqui em Juiz de Fora, alguém me respondeu, Isso é coisa de gente que não tem deus no coração, Não me contive e retruquei, isso é uma suposição sua, quanto aos homens que mataram toda a redação do Charlie Hebdo, eu os vi pela televisão gritando após à chacina, Alá é o todo poderoso!, pois é, como ficamos depois desta, o infeliz do Datena [que deveria estar proibido de falar na televisão] disse que a cadeia estava cheia de ateus, resultado, foram averiguar, a maioria esmagadora carcerária acreditava em deus, donde concluo a injustiça pela qual passam todos os ateus, contudo, nossas fileiras estão aumentando e nos países mais adiantados do mundo, como na Dinamarca, estamos na casa dos 85%.

anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

NÃO TENHO NADA A PERDER


Sei que nós ateus somos discriminados, mas eu não ligo não, porque não tenho nada a perder, agora, quanto aos discriminadores, eles têm medo de perder o céu.

anibal werneck de freitas.

PROVE-ME O CONTRÁRIO


O cristão não acredita no deus Brahma do Hinduísmo, donde concluo que o cristão para o hinduísta é um ateu.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

RESPONDA-ME


Gostaria muito que me respondesse o seguinte:
Esta onda de terrorismo que se espalha pelo mundo existia antes da implantação do Estado Judaico (Israel) imposta pelos Estados Unidos e Aliados em 1948, na Palestina?

anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

A VERDADE


o recado tem que ser curto e objetivo, pois bem, o ventilador de teto é a coisa mais importante pra mim, neste momento, porque sem ele, eu estaria morrendo de calor, eis então, a verdade nua e crua., e, ela, não podemos ignorar.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

LEMBRE-SE DE CHARLIE HEBDO


a bem da verdade, eu só acredito no aqui e agora, o resto é pura especulação, somos resultados de uma evolução natural, não existe nada de sobrenatural, o problema é que o nosso cérebro tem a mania de ficar criando coisas mirabolantes, por um lado até é bom, porque alimenta a nossa criatividade, agora, o que não podemos é fazer delas como meio de vida, porque isso pode nos levar a fazer besteira, uma atrás da outra, é só olharmos o massacre na redação da revista charlie hebdo, em nome de alá, é o fim da picada, é de uma insanidade terrível o que aqueles terroristas fizeram e, deste modo, vão acontecer outras, enquanto o homem andar na lama das ideias religiosas.
olha, se existe ou não, alguma coisa depois da morte, nós vamos ficar sabendo um dia, o importante é curtir as coisas boas da vida, fazendo sempre o bem, tendo compaixão do sofrimento daqueles que são doentes ou dos incapacitados, ou dos solitários, enfim, de todos aqueles que não tiveram a mesma sorte, eu acho que isso é o bastante.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

PROBABILIDADE POSSÍVEL


quando disse que não existe obra sem autor, o deus ao qual me referi não se trata do das religiões, trata-se de algo que deu início a tudo o que existe, porque, a bem da verdade, nada vem do nada, tudo vem de alguma coisa e, depois, não se trata de ficarmos aqui voltando a direção para o que existia antes do universo aparecer, isso não nos interessa e não está ao nosso alcance, não tem como a ciência chegar a dados concretos sobre o que já se passou, por outro lado, a ciência deve cuidar do que está por vir, aí estaremos realizando a nossa função principal que é a de transformar o mundo num lugar melhor para a humanidade
sendo assim, eu acho as religiões como algo retrógrado, perigoso e que pode levar o ser humano a um beco sem saída ou a um labirinto do qual não sairá mais, isso sem levar em conta a presença do minotauro que poderá ser fatal.
devo lembrar que o que proferi no início não significa que eu acredito nesta hipótese, existe probabilidade de que ela possa ser uma verdade.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

CURTE A VIDA


Coisas de religião, associar o prazer ao pecado. No Budismo, por exemplo, devemos ver nos alimentos apenas a função deles garantirem o nosso sustento, ou seja, não é certo usufruirmos do sabor que eles têm. Deste modo, pergunto, por que existem inúmeros tipos de sabor na natureza? Se não podemos apreciá-los, por que existem, então?
Para a Igreja Católica, o sexo só tem a função de procriação, aí vem a pergunta, e o prazer que ele nos proporciona, como fica? Não dá para entender. Eu acho que as religiões deveriam respeitar a vida como ela é. Não sou contra nenhuma religião, todavia, sou contra, quando ela se intromete onde não deve. A vida é a coisa mais importante e não sabemos se teremos outra depois desta. 
Outra coisa que eu não consigo aceitar é a promessa de uma vida além-túmulo, pior ainda é a ideia de sacrificarmos nossa vida real por uma que não temos a menor garantia de sua existência.
Sendo assim, concluo este pequeno texto dizendo que o maior pecado é não curtir as coisas boas da vida, tudo aquilo que a natureza nos proporciona para uma vida saudável e feliz.

anibal werneck de freitas.

OS CALHAMAÇOS NÃO SÃO LIVROS, SÃO CASTIGOS.