domingo, 29 de junho de 2014

TENHO INVEJA DOS MORTOS


Cheguei à conclusão de que não existe nada além da morte, é tudo ilusão acreditar em algo depois do fim da nossa existência. Os espíritas dizem que ninguém morre no sentido real da palavra. Pra mim é pura especulação, suas psicografias não dizem nada, aliás, dizem sim, sempre a mesma coisa, Fique tranquila, eu estou bem aqui com os meus irmãos, estou trabalhando muito recebendo os que estão chegando da terra, uns estão desesperados, outros resignados... É sempre a mesma história, a mesma lenga lenga. Pensando bem, é melhor que não seja assim, porque a vida aqui já é difícil e a morte tem que ser um descanso eterno. Você imagina ter que passar por esta trabalheira toda que os espíritos dizem ter lá no Nosso Lar, digamos assim. Até hoje não chegou até nós nenhuma ideia brilhante de um espírito além-túmulo que pudesse melhorar a vida da humanidade. E, depois, tem mais, o determinismo, se você é obrigado a pagar pelo que fez [karma] de que adianta a liberdade?. aliás o Sartre, me perdoe, o homem não está condenado a ser livre, pelo contrário, está condenado a ser preso. Viemos para o mundo sem sermos consultados. Aqui, além da morte derradeira, somos obrigados a ter várias mortes durante a vida: a morte da infância, da adolescência, da juventude, da maturidade e finalmente da velhice. agora pergunto, onde está a nossa liberdade?. Não temos o domínio de nada, nem do nosso corpo, podemos cair duro para trás de uma hora pra outra num infarte fulminante, isso é vida?. Pra mim é uma grande sacanagem. Não estou com raiva de nada. estou falando apenas a verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANGELS AND DEMONS

The angels are flesh and blood, they are always helping and protecting us, are our parents, siblings, friends, even strangers. Thanks to th...