sexta-feira, 20 de junho de 2014

A IMAGINAÇÃO NÃO É REAL


Vamos parar para raciocinar e ver o que realmente sentimos quando visitamos um cemitério, a começar pelo cheiro de putrefação, pedaços de ossos espalhados por todos os lados, um silêncio profundo, uma ausência total de vida, enfim, uma constatação real de que tudo ali já não existe mais, pelo menos para o nosso mundo. O que nos cabe neste momento é apenas a imaginação da possibilidade de uma outra vida depois da morte, eu disse imaginação, algo que está em nós e que não é real. Portanto, é perda de tempo ficar acreditando em coisas que não passam de frutos da nossa imaginação. É o mesmo caso na questão da crença em Deus, um ser totalmente alheio ao nosso mundo, do contrário não deixaria tanta coisa ruim acontecer, agora, imagine se o Homem não existisse, que sentido teria Deus em existir, certamente nenhum, sendo assim, minha gente, tirando o mundo concreto que está na nossa frente, o resto é pura imaginação, e o pior está no fato de muita gente tirar proveito disso, principalmente certos religiosos de má conduta. Resumindo, o mundo é aqui e ponto final, não dá pra ficar especulando.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A VIDA NÃO É O QUE PENSAMOS  OU DEIXAMOS DE PENSAR.