SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

domingo, 2 de fevereiro de 2014

SÓ EXISTE UM MUNDO

Quando me refiro à espiritualidade sem Deus, quero deixar bem claro que não nego categoricamente sua existência. Pode até ser verdade que ele exista, mas não como o dos cristãos. O que eu estou querendo dizer é que ele, se existe, está num patamar muito acima do que possamos imaginar, de modo que não tem como e não há necessidade de conectarmos com ele. É como se não precisássemos dele e ele muito menos de nós. O Omulu do Candomblé está neste parâmetro, ou seja, criou o mundo e se afastou dele. Sendo assim, o que nos cabe é fazer o bem, contribuindo assim para a nossa evolução espiritual. É bom lembrar que a espiritualidade precisa da matéria para se manifestar. É no campo físico que agimos para tal. Ela [espiritualidade] não é um mundo aparte e muito menos sobrenatural. Juntamente com o mundo material, forma uma coisa só. A morte física é como trocar de camisa. Na verdade estamos sempre indo e vindo.

Anibal Werneck de Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO DÁ PRA FICAR CALADO

Confesso que não estou aguentando mais este silêncio de Deus frente aos horrores que vêm acontecendo no planeta. Será que as religiões estão...