SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

DESPRENDIMENTO DOS DESEJOS

Segundo Schopenhauer, o mundo numênico é o "em si", atemporal e desprovido de espaço, nós só conhecemos o seu efeito, ou seja, o mundo fenomênico, sua mais fiel representação onde espaço e tempo atuam, sendo assim, ambos formam um mundo só, contrariando Kant que os colocava de forma distinta.
Pois bem, acontece que o mundo numênico é a Vontade, causadora dos nossos sofrimentos, porque ela está por trás dos nossos desejos mais básicos, e o mundo você sabe, é muito complicado, de modo que quando não conseguimos o que queremos, passamos a sofrer através de uma frustração capaz de nos levar ao suicídio. Deste modo, Schopenhauer tem uma solução para isso, ou seja, cultivar o Budismo que nos dará um desprendimento dos desejos, fazendo com que nossa alma se torne mais leve.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- A FILOSOFIA É A MINHA RELIGIÃO. - NENHUMA RELIGIÃO É MELHOR QUE A OUTRA, PORQUE A VERDADE É UMA SÓ. - A VERDADE ESTÁ ENTRE O CRENTE E O ...