SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

A VIDA

Quando digo que não acredito em Deus, é porque se trata de algo tão incompreensível e tão enorme perante nossa humilde inteligência humana que habita um planetinha pequenino cujo brilho do Sol o deixa totalmente invisível visto de uma certa distância no espaço sideral. Sendo assim, se existe Deus, não tem como entendê-lo. É como se não existisse para mim. A única coisa que me parece ser um rastro dele, se e que ele existe, é a nossa espiritualidade. Este poder que nós temos de pensar, imaginar, ter consciência de nossa existência, enfim, sermos diferentes da matéria inanimada. O livro sagrado do Hinduísmo diz que nós somos uma centelha de Deus. Tudo bem, não vou discutir isso, embora eu não acredito. Digo isso, porque seríamos Deus também, mesmo com este pedacinho dele. Na verdade, somos seres que se evoluíram ao ponto de descobrir a existência desta espiritualidade. Os animais também sentem sua presença, mas não têm consciência dela. Leonardo Boff, pessoa que admiro muito, diz que esta espiritualidade é Deus. Confesso que não concordo com ele. Como já disse, se Deus existe realmente é algo inatingível. Prefiro não levá-lo em conta, até porque não vou fazer nenhuma diferença pra ele, crendo ou não. Respeito os crentes e espero ser respeitado também pela minha opção.
Voltando à espiritualidade, ela é tão importante em nossas vidas porque através dela podemos imaginar coisas fantásticas. Somos livres para cultivá-la sem prejudicar o próximo. Devemos estar sempre conectados com a espiritualidade. Nela estão as soluções para os nossos problemas. O ato de estudar, por exemplo, é um ato espiritual. A espiritualidade sempre existiu. Há um milhão de anos atrás, o homem começou a perceber sua presença. Olhava pro céu à noite e ficava intrigado com as estrelas cintilando como se quisessem dizer algo a mais. A morte o assustava porque dava a impressão de que algo tinha saído daquele corpo, agora, totalmente inanimado, duro como uma pedra. O homem foi saber muitos anos depois que aquele corpo não estava mais conectado com a espiritualidade. Hoje sabemos que a vida provem dela, a espiritualidade.

Anibal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO DÁ PRA FICAR CALADO

Confesso que não estou aguentando mais este silêncio de Deus frente aos horrores que vêm acontecendo no planeta. Será que as religiões estão...