domingo, 12 de janeiro de 2014

A FUNAI ESTÁ NUMA FURADA


A FUNAI (Fundação Nacional do Índio) foi criada para demarcar as terras indígenas e não para se sujeitar aos interesses dos ruralistas que já provaram sua aversão aos verdadeiros donos de Pindorama. Eles [ruralistas] só querem saber de lucros. Está para ser aprovado e vai ser aprovado o projeto em que o Ministério da Justiça será o mediador, caso não haja acordo entre os índios e os ruralistas, segundo a Folha de S.Paulo de domingo, 5.1.14.
O documento novo de demarcação já foi enviado às partes  interessadas: os índios (donos de Pindorama), ruralistas (fazendeiros) e órgãos do Governo (parlamentares). Sendo assim pergunto: Quem vai ganhar esta pendenga? Não precisa responder. Embora tenhamos um Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que é um homem sério e honesto, e que, infelizmente, vai enfrentar uma barra pesada. Sua luta será contra a correnteza que se chama, agronegócio. O próprio Governo, não declaradamente, sempre se mostrou a favor das coisas que dão riquezas. O problema é que esta riqueza fica mais nas mãos de poucos do que nas de muitos. E os índios? Estes sofrerão as consequências piores possíveis. O agronegócio destrói a natureza. E os índios vão viver do quê? Só para você ter uma ideia. De 1997 até 2013, o saldo da balança do agronegócio saltou de 15 bilhões de dólares para, veja bem, 80 bilhões. É mito dinheiro. Como já disse. O que adianta se a maioria não vê a cor deste dinheiro. O Governo vê parte deste dinheiro que acaba sendo mal administrado. Já os senhores donos do famigerado  agronegócio se tornam cada vez mais poderosos. Enquanto isso os índios ficam na merda. Tribos estão sendo dizimadas, ora pela violência, ora pela cachaça. Esta é a triste Pindorama que eu vejo pintada na imprensa séria que ainda existe neste país.

Anibal Werneck de Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANGELS AND DEMONS

The angels are flesh and blood, they are always helping and protecting us, are our parents, siblings, friends, even strangers. Thanks to th...