SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

MATO SEM CACHORRO




olhando para a imensidão solitária do universo, notamos que ele existe por acaso, porque veja bem, vamos dar como exemplo o nosso sistema solar, por que só a terra tem vida inteligente?, os outros planetas não passam de mundos completamente mortos, verdadeiros túmulos girando em torno do sol, pra quê?, qual o propósito de tudo isso?, nenhum, o mundo aconteceu e pronto, não existe nada além dele, se existem planetas parecidos com a terra estão certamente a milhões de anos luz daqui, não existem naves capazes de nos levar até eles, e depois, estamos à mercê de toda sorte de perigos, meteoros, furacões, terremotos, maremotos, pestes, guerras e outras porcarias mais, isso sem falar nas desavenças religiosas, racistas, homofóbicas, etc, etc, etc... donde concluo que estamos aqui por acaso, num mato sem cachorro.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO DÁ PRA FICAR CALADO

Confesso que não estou aguentando mais este silêncio de Deus frente aos horrores que vêm acontecendo no planeta. Será que as religiões estão...