SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

sábado, 28 de setembro de 2013

DA ASSIMETRIA PARA A SIMETRIA


a natureza tem a consciência de que ela existe porque nós somos a sua consciência, por acaso ela chegou até nós assim como tudo o que existe de bom e de ruim, e o mais interessante é que este processo continua indefinidamente, nada está parado, tudo está em constante movimento, da física e química quântica vão surgindo elementos assimétricos que passam para o mundo simétrico como algo importante para a evolução, nada escapa deste processo, até aqui entendemos um pouco o mundo, o problema é a origem de tudo isso, sabemos que viemos duma sopa cósmica que se formou há quatrocentos milhões de anos depois do big bang, sabemos, também, que o universo é plano e tal qual um elástico está se espichando cada vez mais, até onde tudo isso vai para nós não sabemos, todavia, esta elasticidade é importante para que a matéria continue ocupando o espaço no lugar da anti matéria, razão pela qual os cientistas concluíram que existe mais matéria do que anti matéria, do contrário seria impossível por exemplo uma viagem até à lua, o módulo lunar explodiria transformando-se em raios gama, ainda bem que existe pouca anti matéria no cosmo, agora, temos um problemão pela frente que podemos chamá-lo de buracos negros repletos de anti matéria, apesar do afastamento rápido das galáxias umas das outras, algumas ainda são sugadas por estes buracos, a bem da verdade, desde quando nasceu, o mundo passa por perigos constantemente, mas mesmo assim ele segue o seu caminho evolutivo sem parar.


anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO DÁ PRA FICAR CALADO

Confesso que não estou aguentando mais este silêncio de Deus frente aos horrores que vêm acontecendo no planeta. Será que as religiões estão...