SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

quinta-feira, 31 de maio de 2012

A IGREJA DE JESUS CRISTO DOS SANTOS DOS ÚLTIMOS DIAS




joseph smith  [lunático e mulherengo]
que deu origem à uma religião 
(que resiste até hoje) antes de ser morto 
a tiros na cadeia.









o livro de mórmon é a bíblia dos americanos, é a revelação de deus aos antigos habitantes das américas, foi escrito por muitos profetas antigos, suas palavras escritas em placas de ouro, foram citadas e resumidas por um profeta historiador chamado mórmon. o registro contem o relato de duas grandes civilizações, a de jerusalém [com os povos, nefitas e lamanitas, 600 a. c.] e a outra veio muito antes, quando o senhor confundiu as línguas na torre de babel, são os jareditas que foram destruídos, exceto os lamanitas que são os antepassados dos índios americanos. se isso fosse uma verdade, os índios americanos teriam consciência disso porque um povo sempre passa suas tradições oralmente, de uma geração para a outra, na verdade, aí, mórmon pegou pesado bolando esta história mirabolante, agora piores ainda são os seguidores que acreditam nesta história, o ser humano é mais dado a acreditar no imponderável.
pois bem, depois de terminar seus escritos, mórmon entregou o seu relato a seu filho morôni [reencarnação do último profeta nefita que viveu aproximadamente 400 anos depois de cristo], quem acrescentou algumas palavras suas e ocultou as placas escritas no monte cumora, aí eu pergunto, qual a razão de ter escondido algo tão importante [placas de ouro], algo que seria uma prova contundente da revelação divina em placas de ouro, não dá para entender esta atitude, todavia, as coisas não ficam por aí, morôni morre e ressuscita aparecendo glorificado no dia 27 de setembro de 1823 ao profeta joseph smith, cujas instruções foram traduzidas para o inglês transformando assim no livro de mórmon, o mais correto de todos os livros sagrados segundo os mórmons, infelizmente, tal afirmação não dá para ser levada a sério, até porque as placas onde estava escrito o livro de mórmon foram permitidas pelo senhor para serem vistas por apenas 11 pessoas, além de smith, onde fica a pergunta que não quer se calar, por que o senhor não permitiu que todos os seguidores da igreja de jesus cristo dos santos dos últimos dias as vissem, seria então um testemunho incontestável. não dá para cair nesta história que esconde a única prova de sua veracidade, pois bem, deste modo, assim como no islamismo, joseph smith foi transformado no único profeta e através do espírito santo esta seita religiosa passou a ser chamada de a igreja de jesus cristo dos santos dos últimos dias.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

PREFIRO OS HISTORIADORES E OS FILÓSOFOS


os grandes profetas são, nostradamus, aranha negra, fátima, dom bosco, o apocalípse, mago merlim, monja de dresden, malaquias, paracelso, mago ladino, rasputin, padre pio, tereza neuman, edgar cayce, joão 23 e os profetas contemporâneos.
com todo o respeito por alguns como o joão 23, não dou crédito a nenhum deles.
para começar, não gosto de nostradamus com os seus versos falando coisa com coisa e as interpretações destes versos só acontecem depois do fato consumado, aí os estudiosos encontram uma referência ao acontecido, eu acreditaria se isso fosse feito antes.
o aranha negra, por exemplo, nascido na baviera [alemanha], se notabilizou profetizando  o fim de famílias poderosas europeias, mas isso não é nenhuma profecia, muitas dessas famílias eram arrogantes e tinham muitos inimigos, por outro lado, aranha negra não era normal, largou tudo para viver numa caverna, uma mente doentia povoada de alucinações.
a mentira era tão grande nas profecias do aranha negra que até sobre o tancredo neves [brasil] ele profetizou a morte nos versos, repito que viram esta profecia  depois que o dito cujo morreu, na seguinte frase: "estrela cuja luz aturdiria a ditadura, mas que morreria ao cair da noite".
aplicar esta frase à morte de tancredo foi demais, foi uma forçação de barra, um desrespeito à inteligência humana, esta frase pode ser aplicada a muitos homens importantes que morreram na mesma situação, esta profecia equivale a dizer que você manhã vai comer alguma coisa se não morrer antes.
posso também fazer uma profecia assim:
o sol não dará mais sua luz
enquanto o homem governar
nas vestes brancas deste homem
manchas vermelhas irão brotar.
sobre a aparição de fátima [portugal, 1917], os três segredos da carta já estavam explícitos no que estava acontecendo no mundo, final da i guerra mundial [1918], a ii guerra mundial [1939-45], já prevista pelos historiadores, uma vez que a alemanha saiu humilhada da primeira e cada país estava se voltando para os seus problemas surgindo assim um nacionalismo que geraria regimes como, nazismo, fascismo, integralismo... de modo que tudo estava caminhando para um conflito mundial e depois, para vingar do ataque japonês a pearl harbor, os estadunidenses jogaram duas bombas atômicas em nagasaqui e hiroshima, a terceira carta de fátima fala das armas nucleares, e o que acho mais interessante porque nesta cartas não foi levado em conta o fato de milhares de africanos passando fome, realmente não dá para acreditar em profecias, prefiro os historiadores e os filósofos que se utilizam da razão para proferir suas verdades, se deus existe, ele não se compactua com os profetas, um bando de alucinados.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

MIRAR O POSSÍVEL






















richard dawkins no seu livro, deus um delírio, nas páginas 79 e 80 traça um espectro contínuo entre dois extremos partindo do teísta convicto ao ateísta radical, vejamos:
1)    teísta convicto, probabilidade de 100% de que deus existe.
2)    teísta de facto, probabilidade que não chega a 100%.
3)    tecnicamente agnóstico, maior que 50%, mas não muito alta.
4)    agnóstico completamente parcial, exatamente 50%.
5)    tecnicamente agnóstico, menos de 50%, com tendência ao ateísmo.
6)    ateu de facto, probabilidade muito baixa de acreditar em deus.
7)    ateu convicto, probabilidade de 100% de que deus não existe.
o autor richard dawkins se coloca na categoria 6, mas tendendo para a 7, eu já me considero na categoria 6, tendendo para a de número 5, porque sempre digo, desde o início deste blog, que não acredito no deus desta gente, ou seja, no deus judaico-cristão, se existe deus ele é diferente no meu modo de pensar, resumindo, eu sou agnóstico no percentual mais para cima do que para baixo. não sou capaz de afirmar a inexistência de deus, é natural que de vez em quando a gente se apresenta ora radical ora não radical, afinal a única certeza que a gente tem é estar em dúvida, os profetas se mostram como donos absolutos da verdade através de uma revelação divina, enquanto que os filósofos, mais humildes, apresentam suas verdades através de muito estudo oriundo do lado racional, por isso sou mais os filósofos, acho os profetas completamente irracionais, fora da realidade com os pés mais no céu do que na terra, são pessoas delirantes, ao contrário dos profetas, os olhos do filósofo parecem mirar o possível.

anibal werneck de freitas.

domingo, 27 de maio de 2012

A VOZ DE DEUS É A NOSSA CONSCIÊNCIA


não há necessidade de religião para se falar com deus, ele colocou sua voz em nossa consciência, só não a ouve quem não quer, deus não seria injusto revelando-se para uma minoria apenas, perdoem-me os religiosos, mas todas as religiões surgiram da cabeça do homem, todas, elas [as religiões] surgiram como uma maneira de uma minoria dominar a maioria, a história está aí para dizer que não estou mentindo, repetindo, deus se revela dentro de cada um de nós, somos o seu templo, jesus não veio ao mundo para fundar uma religião, ele veio como tantos outros para somente pregar o amor entre os homens. as religiões separam as pessoas umas das outras, criam confusões que acabam se transformando em guerras, o mundo sem elas [as religiões] seria muito mais interessante, deus na verdade está em cada um de nós, uns ouvem sua voz, outros não, porque ele nos concedeu o livre – arbítrio.  agora, quero deixar bem claro que a ideia de deus que eu tenho não é a de um deus judaico – cristão, eu tenho deus como fundamento de tudo o que existe, uma inteligência da qual originou o mundo, não sei como ele é e nem quero saber, basta apenas o seu efeito do qual somos frutos.

aníbal werneck de freitas. 

quarta-feira, 23 de maio de 2012

SE DEUS REALMENTE EXISTE...


se o cristão acredita que a alma é imortal e que depois desta vida ela vai para o céu gozar a glória do senhor, porque teme tanto a morte, não dá para entendê-lo, afinal ele acredita ou não, é uma pergunta que sempre faço, se não acredita é melhor ser ateu, pelo menos você está sendo coerente consigo mesmo, viver na mentira não é legal, em se tratando de religião é pecado, pelo que eu observo, o medo da morte é muito grande entre os crentes, será talvez o medo de ir para o inferno, já que não é coerente consigo mesmo corre grande risco, portanto, não querendo convencer ninguém, eu optei pela descrença, pelo menos estou vivendo uma coisa que eu acredito, e se deus existir realmente ele me dará mais crédito certamente porque segundo os cristãos, ele é justo.

O LIVRO DE MÓRMON


o livro de mórmon é considerado pelos seus seguidores o outro testamento de jesus cristo, nele está o relato das placas de néfi escrito pelo mórmon, diz ser um registro dos lamitas também destinado aos judeus e gentios, uma revelação de deus aos homens que ficou escondida para não ser destruída com a finalidade de ser apresentada no devido tempo pelos gentios, diz-se ainda que esta revelação é um resumo do livro de éter, registro do povo de jareda, disperso na ocasião em que o senhor deus confundiu a língua do povo através da construção da torre de babel, sendo assim, o texto afirma ser jesus, o cristo, o deus eterno.

gente, que o documento existiu não tenho nada contra, pode até ter existido, agora, acreditar em torre de babel é demais para o meu gosto, esta torre nunca existiu, é pura fantasia, muito menos ainda a história da confusão de línguas entre os pedreiros provocada por deus, bastaria apenas deixar os homens construí-la até chegar no ponto em que a base não aguentaria mais o peso, acreditar nesta torre é simplesmente patético, quanto às inúmeras línguas que existem no mundo está no fato de que elas são oriundas de povos isolados uns dos outros, cada povo inventou uma língua para comunicar entre si. perdoe-me, mas o livro de mórmon já começa com uma grande mentira, se fosse verdade, deus hoje estaria mais preocupado ainda, devido às viagens espaciais, certamente iria confundir a língua do cosmonauta com a base na terra, impedindo assim o homem de chegar mais perto dele e depois tem a pergunta, que deus é este que impede a aproximação do homem, afinal, ele gosta ou não gosta do homem?, a bem da verdade, tem hora que eu nem sei porque eu perco o meu tempo refutando estas mentiras religiosas, acredito que deve ser o fato de me sentir ofendido e triste em saber que a maioria acredita nessas coisas que subestimam a nossa inteligência.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 22 de maio de 2012

NÃO DÁ PRA LEVAR A SÉRIO O DEUS DESTA GENTE

realmente, o que cristo pregou, ou seja, a humildade, não existe na igreja, são poucos os pedro casaldáliga da vida, é realmente uma religião de ostentação, um absurdo, eu conheço uma diocese que está sem o bispo no momento, deste modo está lá a palácio episcopal vazio e o monsenhor que é responsável pelo patrimônio histórico mora numa casa luxuosa um pouco distante do palácio, isso sem falar em outra casa enorme no mesmo local onde funciona a chancelaria, pra que tudo isso, eu pergunto, onde está a consciência destes homens que se dizem representantes de deus, sabendo que muito passam fome, é, não dá pra levar a sério essa gente, dá nojo.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

VERDADE NUA E CRUA



tenho notado uma grande quantidade de portugueses ateus ultimamente, quem diria, um país cuja capital lisboa foi a mais carola da europa do século xviii na época do d. josé i sob a administração do marquês de pombal, um povo também muito católico onde n. s. de fátima apareceu, não dá pra entender esta reviravolta de descrentes que está ocorrendo, acredito ser pelo fato de que a igreja católica não tem feito o seu dever direito, os escândalos com os padres pedófilos, sem levar em conta os padres que abusam da boa fé dos fiéis vendendo cds e livros de qualidade duvidosa, pelo menos é o que vem acontecendo no brasil, já fui seminarista e devido à tudo isso hoje sou ateu, não dá para acreditar neste deus transcendental que sempre esteve do lado mais forte, sempre em conluio com o estado, tanto assim que o seu representante na terra mora num, o vaticano, infelizmente, esta é a verdade nua e crua.

anibal werneck de freitas.

NÃO DÁ PRA FICAR CALADO

Confesso que não estou aguentando mais este silêncio de Deus frente aos horrores que vêm acontecendo no planeta. Será que as religiões estão...