SEMINÁRIO N. S. APARECIDA

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

A ÚNICA CERTEZA? / ORAÇÃO AO TEMPO

a única certeza que eu tenho na vida é a do instante que estou vivendo. é o momento em que estou acontecendo, por isso não me arrisco a dizer coisas que fogem desta minha realidade. neste caso estarei apenas especulando. pois bem, devido a isso, devemos aproveitar ao máximo, a vida que habita no nosso pequeno espaço.

o instante é fantástico, está sempre mudando como a água de um rio. já não sou o mesmo do momento em que comecei a escrever este texto. vivemos no tempo, um dia perderemos o vínculo com ele, e assim, não serei  nem terás sido, tempo, tempo, tempo. como diz a letra de



oração ao tempo,  de caetano veloso,



és um senhor tão bonito
quanto a cara do meu filho
tempo tempo tempo tempo
vou te fazer um pedido
tempo tempo tempo tempo...



compositor de destinos
tambor de todos os rítmos
tempo tempo tempo tempo
entro num acordo contigo
tempo tempo tempo tempo...



por seres tão inventivo
e pareceres contínuo
tempo tempo tempo tempo
és um dos deuses mais lindos
tempo tempo tempo tempo...



que sejas ainda mais vivo
no som do meu estribilho
tempo tempo tempo tempo
ouve bem o que te digo
tempo tempo tempo tempo...



peço-te o prazer legítimo
e o movimento preciso
tempo tempo tempo tempo
quando o tempo for propício
tempo tempo tempo tempo...



de modo que o meu espírito
ganhe um brilho definido
tempo tempo tempo tempo
e eu espalhe benefícios
tempo tempo tempo tempo...



o que usaremos prá isso
fica guardado em sigilo
tempo tempo tempo tempo
apenas contigo e comigo
tempo tempo tempo tempo...



e quando eu tiver saído
para fora do teu círculo
tempo tempo tempo tempo
não serei nem terás sido
tempo tempo tempo tempo...



ainda assim acredito
ser possível reunirmo-nos
tempo tempo tempo tempo
num outro nível de vínculo
tempo tempo tempo tempo...



portanto peço-te aquilo
e te ofereço elogios
tempo tempo tempo tempo
nas rimas do meu estilo
tempo tempo tempo tempo...



no lugar de ficarmos discutindo o que é e o que não é, deveríamos parar e pensar no que é real, ou seja, no instante em que estamos vivendo, no contato do nosso corpo e mente com o que está em torno de nós. viver a vida desarmado de qualquer preconceito, aproveitar o momento, carpe diem.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUANDO A MÍDIA ANUNCIA UMA GREVE, O GREVISTA É O PRIMEIRO AFETADO.