segunda-feira, 24 de outubro de 2011

PROFETAS INCONSEQUENTES


A revista SUPERINTERESSANTE lançou uma edição especial sobre o fim do mundo, porque isso mexe com muita gente e constantemente aparecem religiosos malucos, inconsequentes, anunciando o apocalipse, o que é um absurdo, onde já se viu tamanha mentira, e o pior é que tem gente que leva a sério estas malditas profecias, chegando ao ponto de tirar a própria vida. Pois bem, todo Governo deveria proibir tais anúncios apocalípticos, o fim do mundo vai acontecer sim, daqui a 4 bilhões e meio de anos, quando o Sol transformará numa imensa estrela, isso se o homem respeitar a natureza até lá, o que, infelizmente, não está acontecendo.
Portanto, quero deixar bem claro aqui que abomino todo e qualquer anunciante d o fim do mundo, pra mim, todos deveriam estar na cadeia!

Anibal.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

COMO NOS VELHOS TEMPOS


As pessoas têm comentado comigo que o visual do texto , só com as letras minúsculas, é bastante confuso, dificultando assim um maior entendimento.  
Sendo assim, aqui estamos de volta ao que era antes.

Anibal.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

SOMOS ENQUANTO EXISTIMOS


concordo com sartre quando ele diz existir entre o ser e o não-ser, nada mais que o próprio nada. morrendo a representatividade, ou seja, o ser, o não-ser deixa de existir ficando apenas o nada. para sartre o ser-em-si é o fenômeno (natureza) e o ser-para-si, a consciência (espírito). um não existe sem o outro, porque no meio deles está o nada. É o processo da nadificação. Somos enquanto existimos.

anibal werneck de freitas.

domingo, 16 de outubro de 2011

UM ABSURDO!


aos domingos sempre compro a folha de s.paulo, desta vez saiu um artigo do hélio schwartsman, procissão da alegria, que me deixou completamente estarrecido, veja só:  O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, está prestes a cometer um pequeno crime contra as crianças da cidade. Ele deve sancionar ainda neste mês o projeto de lei recém-aprovado pela Câmara que prevê a contratação de até 600 professores para darem aulas de religião em escolas municipais.  pois bem, o articulista foi feliz, depois disso, no texto até o fim. Digo isso porque o crime que o prefeito vai praticar contra as crianças não é pequeno, é muito grande, um absurdo, isto sem levar em conta que o brasil é um país laico e depois, como vão ficar os filhos de pais ateus nesta situação?

anibal werneck de freitas.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

PENSE NISSO

pra mim, a ideia de deus tira toda a graça da natureza, quero apenas que entenda o que estou dizendo, não é nenhuma blasfêmia, portanto, pare e pense num mundo se auto realizando, você também se auto realizando, existindo sem depender de nenhuma força divina, você sendo você, natureza pura, natureza material e espiritual, livre, absoluto, pense nisso.


anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

EM BUSCA DA VERDADE

eu apenas simpatizo com a visão hinduísta, ou seja, a visão circular de mundo, mas não creio que seja assim na realidade, o negócio é mais complexo, sou apenas um buscador da verdade, ou aquilo que é racionalmente possível. ontem li um artigo do marcelo gleiser, celebrando a energia escura, na folha de s.paulo e fiquei intrigado, pelo jeito, os cientistas estão descobrindo coisas fantásticas no universo e que estão indo de encontro à teoria do big bang e à relatividade geral de albert einstein. todavia, por outro lado, o homem é assim mesmo, vive numa procura constante porque tem realmente algo acima da nossa inteligência. veja bem, sou agnóstico e não abro mão da minha espiritualidade, acredito que ela seja possível. o caetano tem uma música, oração ao tempo, que retrata, praticamente, o que penso do mundo.

anibal werneck de freitas.

domingo, 9 de outubro de 2011

APESAR DE TUDO, EU ACREDITO NO MUNDO

apesar de muita coisa ruim, eu ainda acredito no mundo, embora num processo muito lento, as coisas caminham para um dia chegarem ao seu devido lugar. existe realmente muita coisa que precisa ser permutada como por exemplo, o excesso de assunto religioso nos canais de televisão e no rádio, desrespeitando os não crentes. se  o nosso governo é laico, deveria olhar isso com mais cuidado. outra coisa que me deixa puto da vida, se um agnóstico deseja fazer a sua propaganda é tolhido na hora pelas autoridades, onde está a liberdade de expressão. o ateu e o agnóstico estão vivendo uma época parecida com a dos cristãos na antiga roma dos deuses, naquela época até entendemos, mas atualmente não, onde já se viu, é muita ignorância, assim como eu repeito sua crença, você deve respeitar a minha descrença.
pois bem, apesar de tudo isso, acredito que o mundo está a caminho de uma era melhor, eu não vou ver isso, no entanto, se o homem cuidar do planeta ecologicamente e não usar a bomba atômica, nós chegaremos lá. um mundo sem preconceito e sem intolerância,  certamente, se descortinará fraternal.

anibal werneck de freitas.

sábado, 8 de outubro de 2011

ENERGIA CÓSMICA

quando digo que sou ateu, não quer dizer que sou materialista, aliás, o termo ateu eu o acho muito forte, na verdade, eu sou mais um agnóstico, não acredito no deus judaico-cristão e sim, numa energia acima da nossa, algo insondável, complexo e que não nos cabe desvendar tal mistério. pois bem, voltando atrás, quero dizer que além deste nosso mundo, existe um imaterial, ou seja, espiritual. agora, tem uma coisa, sem o material ele não se revela e vice-versa.

não sei como explicar este mundo invisível, afinal nem pretendo entendê-lo, todavia, uma coisa é certa, não é como o descrito pelos espíritas, digo isso na minha opinião, a coisa é muito mais complexa e não uma réplica da vida na terra, não é tão simples assim. não querendo desmentir os espíritas, eu apenas não concordo com o que eles falam a respeito, meu lado racional não me deixa acreditar. portanto, tenho o maior respeito pelo que eles acreditam, respeito também na força que o espititismo dá para as pessoas no enfrentamento com os problemas desta vida, assim, também, com a  crença dos fieis das demais religiões, neste ponto não sou contra, porque existe realmente um conforto por parte do espiritismo e das religiões. está confirmado estatisticamente que os religiosos, de certa forma,  vivem mais que os não-religiosos. um artigo que saiu na folha de s.paulo, diz que a razão de tudo isso está no fato de que a fé incutida pela religião traz mais força, ou seja, mais energia para superar as adversidades. no referido artigo, o autor diz mais, a religião faz proibições como, não fumar e não usar bebidas alcoólicas e, ainda por cima, o incentivo à vida comunitária, porque a solidão faz muito mal realmente. pois pois, ainda no artigo, o autor credita um lado irônico nesta situação, uma pesquisa foi feita em 1.800 pacientes portadores de marcapasso, eles foram divididos em três grupos: o primeiro irecebeu orações proferidas na igreja, o segundo nenhuma oração e o terceiro ficou sabendo das orações de ajuda. resultado, o grupo que não recebeu nenhuma oração, teve menos complicação e menos óbtos, como explicar isso? simples, as graças recebidas pelos religiosos não são provindas de deus, [uma prova de que ele não existe] e, se fosse assim, o resultado seria outro.



anibal werneck de freitas.

.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

A ÚNICA CERTEZA? / ORAÇÃO AO TEMPO

a única certeza que eu tenho na vida é a do instante que estou vivendo. é o momento em que estou acontecendo, por isso não me arrisco a dizer coisas que fogem desta minha realidade. neste caso estarei apenas especulando. pois bem, devido a isso, devemos aproveitar ao máximo, a vida que habita no nosso pequeno espaço.

o instante é fantástico, está sempre mudando como a água de um rio. já não sou o mesmo do momento em que comecei a escrever este texto. vivemos no tempo, um dia perderemos o vínculo com ele, e assim, não serei  nem terás sido, tempo, tempo, tempo. como diz a letra de



oração ao tempo,  de caetano veloso,



és um senhor tão bonito
quanto a cara do meu filho
tempo tempo tempo tempo
vou te fazer um pedido
tempo tempo tempo tempo...



compositor de destinos
tambor de todos os rítmos
tempo tempo tempo tempo
entro num acordo contigo
tempo tempo tempo tempo...



por seres tão inventivo
e pareceres contínuo
tempo tempo tempo tempo
és um dos deuses mais lindos
tempo tempo tempo tempo...



que sejas ainda mais vivo
no som do meu estribilho
tempo tempo tempo tempo
ouve bem o que te digo
tempo tempo tempo tempo...



peço-te o prazer legítimo
e o movimento preciso
tempo tempo tempo tempo
quando o tempo for propício
tempo tempo tempo tempo...



de modo que o meu espírito
ganhe um brilho definido
tempo tempo tempo tempo
e eu espalhe benefícios
tempo tempo tempo tempo...



o que usaremos prá isso
fica guardado em sigilo
tempo tempo tempo tempo
apenas contigo e comigo
tempo tempo tempo tempo...



e quando eu tiver saído
para fora do teu círculo
tempo tempo tempo tempo
não serei nem terás sido
tempo tempo tempo tempo...



ainda assim acredito
ser possível reunirmo-nos
tempo tempo tempo tempo
num outro nível de vínculo
tempo tempo tempo tempo...



portanto peço-te aquilo
e te ofereço elogios
tempo tempo tempo tempo
nas rimas do meu estilo
tempo tempo tempo tempo...



no lugar de ficarmos discutindo o que é e o que não é, deveríamos parar e pensar no que é real, ou seja, no instante em que estamos vivendo, no contato do nosso corpo e mente com o que está em torno de nós. viver a vida desarmado de qualquer preconceito, aproveitar o momento, carpe diem.

anibal werneck de freitas.

MOTIVO [CECÍLIA MEIRELLES]

o nome deste blog, instante, foi inspirado no poema, motivo, de cecília meirelles. 
dentro da minha visão ateísta, ele, o poema, cabe inteirinho na minha visão de vida, preenchendo assim todo o meu vazio. seus versos são sinceros, autênticos e existencialistas, ou melhor dizendo, de pé no chão.

motivo - cecília meirelles
eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.


irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
atravesso noites e dias
no vento.


se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. 
não sei se fico ou passo.


sei que canto. e a canção é tudo.
tem sangue eterno a asa ritmada.
e um dia sei que estarei mudo:
— mais nada. 

pois bem, motivo, virou música na voz do compositor e cantor raimundo fagner. a melodia, insubstituível, caiu como uma luva nos versos da poeta e, quando a ouvi pela primeira vez, em 1978, eu que sou difícil chorar, chorei. 
deste modo, segue abaixo o link da canção.


http://www.youtube.com/watch?v=W_YLVRoDwew 


anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

VISÃO DE MUNDO

a visão de mundo por parte das religiões do deserto, ou seja, cristianismo, mosaismo e islamismo, é simplesmente linear. daí a razão delas anunciarem o fim do mundo. para elas, um outro mundo, onde não haverá choro e nem ranger de dentes, acontecerá depois do juízo final, onde só os justos terão o direito de viver eternamente.
mediante a isso, subentendo que os injustos, além de não serem dignos do perdão [princípio cristão], sofrerão para sempre no fogo de geena, ou seja, no inferno.
comparando a visão de mundo monoteísta com a, do hinduísmo [visão circular], chegamos à conclusão de que a visão hinduísta é mais sensata, mais compreensível e mais humana, começando pelo sistema de reencarnações, onde todo mundo pagará pelo que fez de ruim, com direito à salvação após o pagamento.
no bagavadguitá, não encontramos nenhum juízo final, além dos ensinamentos milenares. o livro sagrado hindu, nos mostra que o mundo sempre existiu sob a égide de estar sempre se renovando, explicando melhor, tudo nasce, acontece, morre e, nasce de novo, num procedimento que não tem fim, o mundo é eterno.
o pensamento hindu faz sentido. veja bem. segundo a ciência, o universo tem aproximadamente 10 bilhões de anos e a terra, 4,5 bilhões. isso não é nada em se tratando de idade para o universo e para a terra e, tem mais, segundo os cientistas, o nosso planeta já está com os dias contados. daqui a 4,5 bilhões, o sol explodirá, e assim, deixaremos de existir.
com isso, chegamos à conclusão de que até o mundo que conhecemos obedece o ciclo vicioso: nascimento, vida, morte, nascimento...
concluindo, a visão de mundo do hinduísmo bate com a, científica. se o universo teve nascimento através do incontestável big bang, significa que ele um dia morrerá e, assim, outro virá, certamente. digo isso porque o mundo é eterno como nós, também, e, o nosso filho é a prova cabal.
como você já deve ter notado, a minha empatia com a visão circular é total.

anibal werneck de freitas.

domingo, 2 de outubro de 2011

OPERAÇÕES MÉDICAS ESPIRITUAIS


conceituar operação médica espiritual é o mesmo que afirmar, na hora do aperto, todo mundo agarra-se em tudo para salvar a pele.
não quero com isso demonizar a cirurgia feita por espíritos, a fé de muita gente, ou seja, a determinação de que vai acontecer uma cura é muito importante no processo e, existem casos de que o milagre ocorreu realmente.
acredito na existência do lado espiritual em relação à matéria, não confundir com o espiritismo, quando falo a respeito, estou me referindo à espiritualidade, sem ela, como explicar a vida, aquilo que anima a matéria, que dá energia.
quando digo energia, eu não a coloco no patamar da matéria e sim, no, espiritual.
pra mim, dentro do meu parco conhecimento, deus seria uma grande energia que aciona este mundo.
deste modo, no caso das cirurgias espirituais, os médiuns conseguem canalizar uma dose maior dela para o paciente.
existem relatos de pessoas idôneas que viram a materialização dessa energia em espíritos. acredito na possibilidade de tal coisa em momentos estressados, e, cada pessoa, certamente, vê segundo sua crença.
hoje, com o desenvolvimento da física quântica, o homem tem se deparado com coisas incríveis que acontecem nela, como por exemplo, objeto que passa através do outro sem ter estado fisicamente no momento do processo.
é realmente complicado para o nosso entendimento, não seria o quântico, o lado espiritual, ou a ponte que dá para o mundo dos átomos, porque na verdade, estamos flutuando num vazio assustador, emergindo dum oceano infinito e imaterial.
se pudéssemos visualizar esta situação, veríamos, por exemplo, uma maçã ocupando ao mesmo tempo, todo o espaço à nossa volta, o mundo nos seria confuso demais para vivermos. como tudo está em tudo, segundo a física quântica, as moléculas, recheadas de átomos, formam corpos distintos, do contrário, ao sentarmos numa cadeira acabaríamos nos fundindo a ela.
portanto, voltando às operações mediúnicas, acredito que o processo de energização delas se desenrola no campo quântico, onde tudo é possível acontecer.

anibal werneck.

O ESPÍRITO DE NIETZSCHE



quem não se enrolaria em temas complexos como os abordados por nietzsche? e, depois, a época em que viveu (1844-1900), a bela época, que não tinha nada de bela, foi realmente muito agressiva ao espírito de nietzscihe, que acabou levando o grande filósofo à loucura. por isso, concordo com a crítica, ou seja, que nietzsche foi contraditório nas suas ideias, no entanto, devemos levar em conta que ele foi um homem corajoso aodelatar a hipocrisia religiosa do seu tempo e, que, infelizmente,  impera até nos dias de hoje e botar abaixo,  uma sociedade baseada na ética dos costumes, sob os preceitos de deus e, que, também, perdura até nos nossos dias.

anibal.

sábado, 1 de outubro de 2011

A MATÉRIA É O VEÍCULO


quando digo que sou ateu, não significa que sou materialista, longe de mim tal coisa, existe uma espiritualidade, a qual chamo de vida. o que anima um corpo? não é a matéria, ela é apenas o veículo, onde a vida se manifesta. foi realmente muito triste o que me aconteceu no princípio deste ano 2011, minha mãe chorando, tentando reanimar o corpo do meu pai que faleceu aos 95 anos de idade, ali na cama, inerte, só estava a matéria, ou seja, o corpo do meu pai, pra onde foi a sua vida, o que podemos chamar de alma, eu não sei. até hoje, a ciência ainda não conseguiu responder três perguntas: de onde viemos, porque estamos aqui e para onde vamos? de uma coisa eu tenho certeza, a morte só existe para a matéria, porque a vida não morre, não tem como. a vida é a nossa alma, e ela para se manifestar necessita do lado material. podemos quase proferir que são dois mundos distintos quanto à natureza de cada um, mas um não se realiza sem o outro.

anibal.

O CRENTE E O DESCRENTE ESTÃO NO MESMO PATAMAR. anibal werneck de freitas.