terça-feira, 29 de março de 2011

BUDISMO

Esdobão, o de verde, e sua Turma
BUDISMO

Meu nome é Esdobão, sou amigo do Tucanlino, apesar das nossas divergências, nos damos muito bem, assim também acontece com o meu amigo Anibal, agnóstico de carteirinha. 
A convite do dono deste blog que , neste ponto é um verdadeiro democrata, aqui estou para falar a respeito do Budismo, minha filosofia de vida, pois bem, o Budismo é uma filosofia, outros acham uma religião, mas seja o que for, uma ideologia muito interessante criada por Buda no século VI antes de Cristo.
O Budismo nos alerta a todo momento o caminho certo para a Iluminação, the way of Purification, eu considero, quem lê ou professa os ensinamentos de Buda, uma pessoa em estado permanente de oração ou de meditação. O Budismo nos leva a uma paz interior fazendo o nosso pensamento fluir por entre as coisas do mundo.
Os budistas são na verdade ateus, ou seja, não acreditam em Deus, acreditam no Sansara, o mundo tribulado em que vivemos e no Nirvana, o não-existir mais, que para nós é a Salvação.

Esdobão, em 29/03/11.

TUCANLINO É RADICAL

Anibal Werneck de Freitas
TUCANLINO É RADICAL

Eu, Anibal Werneck de Freitas, sou como o Tucanlino, ou seja, ateu, também, não acredito que haja alguma coisa depois da morte, pra mim é uma verdade, segundo Schopenhauer, que não ouso contestar, a ordem que existe no mundo, tirando o caos, não pode ter vindo do acaso, tem qualquer coisa que rege tudo isso, não sei o que é e nem quero saber, até porque não tenho a mínima condição para tal, as religiões tentam decifrar este mistério, mas veja o que acontece, cada uma fala uma coisa.
Esta Inteligência da qual falo, não é pra mim um deus, muito menos este Deus judaico-cristão, transcendente, eu aqui ele lá, isso não tem como existir, portanto, acredito haver alguma coisa, mas imanente, se for um Deus, sou mais o do Spinoza, um judeu que foi expulso de maneira violenta do judaísmo por pensar assim, isto sempre me irritou muito, porque os religiosos, quando contrariados, ficam tão violentos, deveria ser o contrário, já que toda religião prega sempre o amor.
Sendo assim, repito, penso como o Tucanlino, orreu, acabou e isso considero uma graça.

Anibal Werneck de Freitas, em 29/03/11.

segunda-feira, 28 de março de 2011

ATEU FERRENHO

ATEU FERRENHO

Todas as manhãs, Tucanlino acorda às 5,20 pra fazer o café do filho que sai cedinho pra trabalhar, como de sempre, café, leite e torrada com manteiga, em seguida vai pro computador colocar os e-mails e os blogs em dia. Ultimamente tem atravessado uma fase não muito boa que nem vale a pena comentar aqui, até porque, ele é o mais culpado de tudo que está acontecendo e ele tem consciência disso, ainda bem.
Tucanlino está aposentado e gosta muito de ler, principalmente Filosofia, é encantado com a sabedoria dos gregos, não aceita quando os cristãos a denominam de escolástica, como se ela fosse primária, o que ocorreu na verdade foi uma transposição do conhecimento grego para o conhecimento cristão, ela serviu de esteio pra sustentar os pilares da Igreja, é, e por aí, nosso pássaro, digo, homem, vai caminhando no seu cotidiano.
Ah, já ia me esquecendo, Tucanlino nunca foi religioso e, depois que começou a estudar Filosofia por conta própria, se transformou num ateu ferrenho, não acredita em nada além da natureza, pra ele mente e matéria são a mesma coisa e ponto final.
Agora, tem uma coisa, respeita o credo de todo mundo, até aquele deus hindu com cara  de elefante.

Aníbal Werneck de Freitas, em 28/03/11.

domingo, 27 de março de 2011

TUCANLINO E O BOI

  
Conversa pro BOI dormir é o tema dos novos quadrinhos do Anibal, tudo aquilo que é absurdo faz o BOI dormir. Agora, coisa séria, que tem fundamento, não, o BOI fica uma fera, porque o faz pensar e na hora de dormir ele quer é descansar. Portanto amigo, vale a pena conferir.

Tucanlino, em  27/03/11.

video
Conversa pro BOI dormir

sexta-feira, 25 de março de 2011

DATENA DÁ PENA

Eu como ateu me senti ofendido com o que o Datena falou a respeito dos ateus no seu programa, como um homem da mídia que ele é, chega na casa de todo mundo pela telinha, devia ter mais cuidado com o que vai proferir na frente das câmeras, repito, eu me senti ofendido, muito ofendido mesmo, na ocasião. 
Poxa, onde está a liberdade de expressão neste país, o Brasil é um país laico, e depois, eu pago meus impostos em dia, sou um cidadão, ser ateu não é nenhum crime, como Professor de História tenho o respaldo de dizer, Os religiosos sempre foram os algozes dos ateus, e continuam sendo. Assim como o crente acredita em Deus e eu respeito sua crença, eu, também, tenho o direito de não acreditar, portando vamos respeitar a descrença.

Tucanlino, em 25/03/11.

DILMA & HEBE

DILMA & HEBE

Lamentável, votei na Dilma, fiquei muito triste com o diálogo na TV entre ela e a Hebe, nós ateus, nos sentimos humilhados, é como se eu dissesse, Tenho pena dos cristãos por acreditarem num céu que nunca existiu, o que não acho correto porque devemos respeitar a crença alheia. O ateu é um crente ao contrário, ou seja, acredita que não existe nada além da matéria e ponto final. 

Tucanlino, em 25/03/11

O VAZIO

O VAZIO

Certa vez, na Argentina, um pai ateu e muito rico virou pro filho religioso e disse, Hoje é seu aniversário, peça qualquer presente que lhe darei, Qualquer presente, Perguntou o filho, Qualquer, Respondeu o pai que já estava com a chave do carro no bolso, E o Sr. vai cumprir o que eu lhe pedir, Claro filho, eu juro, Pois bem, eu quero que o Sr. vá comigo hoje à igreja. O pai não teve outra alternativa e foi. No templo se portou como um ateu e o Pastor ficou sabendo do seu ateísmo através do aniversariante. Acontece que, dias depois, o Pastor passando por uma rua meio escura, viu um homem chorando, era o próprio, aproximou-se dele e, Amigo, por que está chorando, Indagou. O homem em lágrimas proferiu, É um vazio que sinto dentro de mim, nada resolve, leio de tudo, nem a Filosofia o preenche, não sei o que fazer, Calmamente o Pastor olhou nos seus olhos e sentenciou, O que está lhe faltando é justamente Deus. Imediatamente, o descrente caiu de joelhos e se converteu.
Bonita a história, todavia, vamos ao questionamento, se o vazio é a falta de Deus, por que as pessoas religiosas não são plenamente felizes, se alguém vier me dizer que é, é um mentiroso, vou explicar, este vazio não é a falta de Deus, é uma coisa muito natural que existe em todo homem, sem ele nós não teríamos a vontade de buscar nada, ficaríamos sempre na estaca zero. A grande verdade é que o vazio existe tanto no crente quanto no descrente, é algo tão natural como ter sede. Esta falta habita dentro de cada um de nós e vamos morrer com ela, não se iluda. Do contrário, os que têm Deus no coração não a sentiriam, desafio qualquer um a me dizer categoricamente que não sente esta falta, ou melhor, este vazio. A insatisfação é comum em todo ser inteligente, como já lhe disse, isso é natural e necessário para a nossa evolução. Já imaginou alguém completamente preenchido, totalmente feliz, não seria gente, seria um robô. A história do Pastor que converteu o pai ateu na Argentina é, simplesmente, uma maneira de convencer os fiéis a acreditarem em Deus, nada a mais do que isso. Em tudo que você abre na internet tem o dedo religioso, de propósito, coloquei a frase, o vazio no homem, no Google, abri um site e na mesma hora surgiu aquele tipo de frase que abomino, ou seja, frase de efeito, que não tem nenhum fundamento, O vazio de todo ser humano é, exatamente do tamanho de Deus, o que eu conheço de religioso vazio não está no gibi, ou então o vazio do ser humano é maior que Deus, o caso é deixar de ser hipócrita, está provado cientificamente que nós temos este vazio e nada o preenche, nem Deus. O ateu, por exemplo, é mais sincero e sabe muito bem que este vazio é necessário para a nossa evolução.

Tucanlino, em 25/03/11.

quinta-feira, 24 de março de 2011

O PRESENTE











O PRESENTE

Aqui estou,
Apenas o momento.
Nada de passado,
Nada de futuro.
Vivo à minha volta,
Minha mulher e o  jantar.

Que quero mais
Se estou vivendo,
Se estou existindo,
Se estou sendo.
As janelas e a rua,
O importante é amar.

Aqui e agora,
O mundo lá fora.
O passado não existe,
Muito menos o futuro,
Apenas o presente
Eu quero buscar.

Tucanlino, em 24/03/11.

quarta-feira, 23 de março de 2011

O NADA / HÁ SEMPRE ALGUMA COISA

O NADA

O nada não existe porque sempre existiu alguma coisa, os religiosos atribuem isso a Deus, mas eu não, o que sempre existiu chama-se matéria e tudo que veio depois se atribui a ela, o pensamento é um exemplo, sem a matéria ele não teria respaldo para existir, a razão está no cérebro, sem ele seria impossível tal realidade. Sabe-se cientificamente, que o cérebro continua funcionando mesmo depois de certas mortes, como por exemplo as de parada cardíaca, a pessoa já enterrada continua pensando até a última luz da lucidez se apagar, todavia, isso não significa nenhum sofrimento pra ela porque as necessidades físicas já não funcionam mais. Diz-se que quando a gente morre vai-se para o nada, mentira, o nada não existe, a gente se transforma em ingrediente pra outra coisa, Lavoisier deixou bem claro este assunto, Na natureza tudo se transforma, nada se perde.
Sartre já dizia, O ser só existe enquanto se revela através da aparência que com a morte se desaparece, Mas isso não significa que ele foi para o nada, é inconcebível tal coisa, o que acontece é que deixa de ser uma coisa para ser outra, estará sempre existindo de qualquer forma, voltará a ser energia desconcentrada, mas nada não será, não tem como, mesmo se o nada existisse, ele seria alguma coisa ocupando um determinado espaço.  
O nada não existe, ou seja, sempre existe alguma coisa, alguma coisa que evolui e se transforma no mundo em que vivemos, até porque é inadmissível o nada existir, é uma situação contraditória, é o mesmo que se eu dissesse ser possível fazer um círculo quadrado. Mas o religioso chega e diz, Deus fez o mundo do nada e você tem que acreditar nisso através da fé. Respeito quem acredita assim, no entanto, neste caso, eu pergunto se é certo omitir a razão, que é uma coisa coerente com a verdade, algo útil ao meu ser no meu dia a dia e necessário para a minha sobrevivência para acreditar em coisas que agridem o nosso bom senso. Fé pra mim é uma maneira que as religiões encontraram pra justificar a credibilidade das fantasias que cada uma prega ao seu bel prazer, cada uma fala uma coisa se esquecendo de que a verdade só tem uma cara. Por isso eu afirmo categoricamente de que o nada não existe porque há sempre alguma coisa.

Tucanlino, em 23/03/11.

video

HÁ SEMPRE ALGUMA COISA (Anibal Werneck - Armindo Torres) Há no azul do céu / De promessa e de mistério / Um eterno véu. / Aqui na Terra sempre fico / Procurando explicação / Pros problemas do espaço / Vou formando opinião. / Há no azul do céu / De promessa e de mistério / Um eterno véu. / Frente a frente a pergunta: / Meu amigo o que é a vida? / Um momento, por favor, / Vou tentando uma saída. / Há no azul do céu / De promessa e de mistério / Um eterno véu. / Numa busca incessante, / Pesquisando ativamente. / Pensamento no futuro / Me entrego inteiramente. / Há no azul do céu / De promessa e de mistério / Um eterno véu. / “E o nada o que é que é?” / Raciocino qual raposa, / Nada mesmo não existe / Pois há sempre alguma coisa. / Há no azul do céu / De promessa e de mistério / Um eterno véu.

Voz e Teclado, Anibal Werneck.
CD, NÓS / TREM NOTURNO, 1996.

terça-feira, 22 de março de 2011

ESTAR SOZINHO

ESTAR SOZINHO

Por estes dias, estou apartado dos meus amigos, eles andaram aprontando comigo, pois bem, em outras palavras, eu estou sozinho, no entanto, está ocorrendo algo que está me deixando simplesmente estupefato, não imaginava tal coisa, ultimamente, todos os dias faço minha caminhada depois do almoço, correndo de tudo e de todos, porque desta maneira estou me sentindo muito bem, tanto assim que, numa dessas caminhadas, não faz muito tempo, estava no Lord, tomando uma cerveja e de repente tive uma sensação incrível, parecia até que eu era dono do mundo, tudo à minha volta soava pura harmonia, ninguém pra me encher o saco, não queria perder um segundo daquele momento, o restaurante estava praticamente vazio, o ambiente estava conivente comigo, nada me afetava, totalmente absorto num instante feliz.
Os entendidos dizem que o homem é um animal social, acredito em parte, para se defender do mundo externo, a união faz a força, quanto ao mundo interno, o que está dentro de cada um de nós, a coisa é diferente, ninguém pode lhe ajudar, mas pode lhe prejudicar, é aí que você precisa estar só com você, conversar com a sua consciência, a qual os religiosos dizem ser a voz de Deus, o que não acredito, mas tudo bem. Somos indivíduos e, só desta forma nos realizamos plenamente. Confesso que depois desta experiência, olhando para o meu passado, vi que na maioria dos momentos mais felizes de minha vida, eu estava só. Deste modo, sozinho, estou vivendo um cotidiano como nunca vivi, aliás, nunca fui muito de procurar o outro, talvez pelo fato, de que na maioria das vezes sempre acontece algo que me desagrada, como por exemplo, tem gente que tem a mania de chegar pra você e, de cara, Cara, você está ficando com pouca telha e as que sobraram está pintando de branco, ou então, Meu, você está em forma, digo, em forma de barril, e por aí vai. O pior é que isso se prolonga o tempo todo e na frente dos outros, torna-se cansativo, mina a resistência de qualquer um, se transforma no seu algoz, em momento algum ele vê uma virtude em você, só defeito. Gente assim, pra mim, parece que só come cocô, perdoe-me o palavreado, mas é porque eu fico p... da vida.
Portanto, descobri que estar sozinho não é nenhum bicho papão, faz bem a alma e ao corpo.

Tucanlino, em 22/03/11.

quinta-feira, 17 de março de 2011

E-mail / 6 (Casamento da Maria Fernanda, Músicas do Anibal, Blog do Patopolino...)

Meu prezado patopolense,
Agora a pouco, eu e a Alice vimos as fotos do casamento da Maria Fernanda, que parece mais com a Lenira, aliás, é a Lenira escrita, as fotos estão bonitas de fazer inveja ao Rubinho retratista, agora, tem uma coisa, eu e a Alice não saímos em nenhuma das fotos, procuramos-nos entre os convidados e nada, e olha que a igreja São Sebastião não é tão grande assim, só o Maninho, eu o vi três vezes, isso está me parecendo intriga da oposição. Vimos, também, o seu neto Pedro, a Alice achou bonitinho ele de terninho, enfim, o casamento bombou como diz a gíria hoje. É isso aí, companheiro.
Mais uma vez, obrigado pelas músicas minhas que você está editando no seu blog, acabei de ouvi-las, Cheiro de Hortelã e No Café do Sto. Antóin.
Um abraço,
Tucanlino.

video
Cheiro de Hortelã

video
No Café do Sto. Antóin

Meu prezado cidadão patopolense,
Fico muito feliz em saber que as pessoas estão gostando do meu trabalho, isto me dá uma credibilidade muito grande, é realmente uma prova real, quanto ao pagamento em música, você pode colocar, por exemplo, NATURA E PESSOAS do CD NATURA & PESSOAS, não sei se você tem aí, neste CD tem as músicas que gosto muito como, VERDE DA MATA, TRILHOS TORTOS, MAR DE MORROS, etc... Se você não o tem, amanhã lhe darei este CD, é só a gente marcar um lugar perto de sua casa e você terá o disco. Por falar em disco, estou ensaiando as músicas que nós  fizemos de parceria para lançá-las, via Internet, num CD em 2011, por isso é bom a gente ir acostumando o pessoal com o nosso trabalho. É isso aí, companheiro, bola pra frente. Seu blog já vem fazendo sucesso, agora é só administrá-lo tranquilamente.
Um abraço,
Tucanlino.
Em 15 de dezembro de 2010, 18:04.
____________________________

E-mail / 05 (São Pedro, Javé, FHC, Tucanópolis, Va Pensero, Dilma, Serra, Nelson Gonçalves, Zé Fala Difícil...)

                                       Nelson Gonçalves

Caro estrangeiro em JF,
Diante do fato temos que tomar banho de bacia e não podemos mais dormir. Sansão amanheceu morto. São Pedro não está seguindo a lista de prioridade.
Patópolis vive a efervescência política. Dilma teve aqui 53% dos votos.
Abraços,
Patopolino.

Prezado amigo Patopolino,
Va Pensero é a música de um judeu no estrangeiro, a impressão que passa, deixa claro que o mundo verdadeiro dele é a sua terra natal, perece-me que nem Javé arreda o pé desta terra, é  um Deus local, mas, tirando este lado, é realmente uma música muito bonita. Mudando de assunto, cogitar é realmente tudo, quem não cogita, vegeta, só existe crescimento no questionamento, faz bem ao corpo e a alma (anima est vita), o bom de tudo isso é que temos pela frente um mistério, daí a grande responsabilidade do homem para com a vida e para com o semelhante, é isso aí, companheiro. Quanto à Dilma, não podemos deixar a peteca cair, não dá pra conceber o país na mão dos tucanos, chega de FHC, é passado, não dá mais.
Em tempo, postei hoje o fanzine MM-115, o seu enviei pelo correio no endereço daqui de Tucanópolis, não sabia que você estava ainda em Patópolis, mas se você quiser, pode pegar um com o Zé Fala Difícil, eu sempre mando pra ele uns números a mais pra ele vender, todavia o seu será de graça, você merece, com Deus ou sem Deus, a amizade continua firme e forte, amigo é pra essas coisas.
Um abraço a todos daí,
tucanlino.
Em 15 de outubro de 2010, 08:19.
__________________________

Caro estrangeiro em terras distantes!
Va pensero!
Va', pensiero, sull'ali dorate.
Va', ti posa sui clivi, sui coll,
ove olezzano tepide e molli
l'aure dolci del suolo natal!
Del Giordano le rive saluta,
di Sionne le torri atterrate.
O mia Patria, sì bella e perduta!
O membranza sì cara e fatal!
Arpa d'or dei fatidici vati,
perché muta dal salice pendi?
Le memorie del petto riaccendi,
ci favella del tempo che fu!
O simile di Solima ai fati,
traggi un suono di crudo lamento;
o t'ispiri il Signore un concento
che ne infonda al patire virtù
che ne infonda al patire virtù
al patire virtù!
(LEMBRANÇA DOS TEMPOS DE SEMINÁRIO)
Cogito, cogito, cogito, cogitamos, cogitais e cogitemos.E o mundo vai girando, o horário de verão adianta os ponteiros, e o homem continua um bicho indagador. Não consegue conviver com a dúvida. Os vazios tem que ser preenchidos. E cada um preenche com suas convicções e crenças. Viva a liberdade de pensamento!
NOVIDADE: O. e JD. tiveram seus direitos políticos suspensos por oito anos. Ontem tivemos um "foguetório" com a notícia.
Quanto ao mais, cantou Gilberto Gil, "recreio continua lindo".
Vote domingo na Dilma (a diferença está diminuindo) e venha passar o feriado de finados. Só em Patopolis que a Dilma não vota na Dilma.
O mia Patópolis, sì bella e perduta!
Abraços para todos,
Patopolino.

Patopolino,
As fotografias são interessantes, testemunhas de uma época que já vai no tempo, todavia, fica uma pergunta, essas domadoras domavam realmente seus leões, sem brincadeira. Quanto à falta de chuva, tenho uma idéia, com todo o respeito, é só o padre convocar os fiéis para rezar junto ao túmulo do padre Higino, acredito que vai dar certo ou então, deslocar uma tribo indígena para Patópolis a fim de executar a dança da chuva. No mais, você já pegou o seu exemplar MM-115 com o Marquinho, deve está chegando por aí.
Pelo visto, você está gostando muito de Patópolis, ou mudou de vez.
Abraços a todos daí,
Tucanlino.
Em 18 de outubro de 2010,
_____________________

Patopolino,
É isso aí, o mundo é movido por idéias, e o fanzine MM-115, já pegou o seu número com o Marquinho ou ainda não chegou em Patópolis, desta vez não tem o Rubico, a foto do Universo tem um grande valor devido a presença do Natal (Cansado), ele era bom de bola, pergunto. Quanto ao prefeito, fica mais fora do que dentro, duas damas no poder vai ser uma barra, vamos ver no que vai dar, o poder contamina e sempre para pior, espero ser um  engano da minha parte. Pelo visto, as mulheres estão superando os homens, como professor, sempre vi nas alunas muito mais dedicação aos estudos, o homem custa amadurecer e, tem uns que acabam morrendo verdes. Recebi o e-mail falando da cassação, não comentei devido ao fato de que não vale a pena gastar palavras com este tipo de assunto. Agora, se MM fosse uma publicação de notícias, certamente estaria com um bom colunista, mas, felizmente, não é o caso do nosso fanzine.
abraços a todos daí,
Tucanlino.
Em 19 de outubro de 2010,

Patopolino,
Além de tudo isso que você me passou a respeito do Serra, caso seja eleito, ele terá apenas 115 deputados numa Câmara com 513 membros, seu partido só conseguiu eleger 53 deputados, os outros partidos que o apóiam (DEM< PPS< PMN e PT do B) conseguiram 62, são partidos portadores de um perfil radicalmente fisiológico, certamente estes partidos cobrarão alto para dar sustentação parlamentar ao Governo, isto sem levar em conta a forte oposição que o Governo Serra sofrerá pelos partidos do PT, PC do B, PSB e PDT, no Senado então será mais drástico ainda, são apenas 19 senadores pró Serra numa casa composta de 81 membros, quanto aos governados, será muita gente contra o Serra, porque se ele ganhar será de poucos votos a mais, tem também o fato de que o Serra é um bonapartista, caracterizado por ser centralizador e avesso à crítica, já dá pra imaginar, um Governo minoritário, uma sociedade acirrada e um presidente bonapartista, será sem dúvida uma volta ao estilo Collor. Estes dados, por incrível que pareça, colhi na Folha de S. Paulo, de ontem, na coluna do Vladimir Safatle, o mais interessante é que ele termina o artigo assim, "Para não deixar muito à mostra esta realidade problemática que os números mostram, talvez o melhor seja mesmo discutir crenças religiosas e correr atrás de mulheres que abortam". Vladimir é professor no departamento de filosofia da USP, gosto muito do que ele escreve. Concluindo, o Serra não pode ser Presidente, será um retrocesso fatal.
Abraços,
Tucanlino.
Em 19 de outubro de 2010, 08:09.
__________________________

Patopolino,,
Eu acho que estes cantores e compositores como Caetano e Rita Lee, andam comendo cocô, eles cantam uma coisa e falam outra, não dá pra entender, ambos são da boca pra fora, não são como o Chico Buarque, íntegro e assina embaixo do que realmente acredita, não é oportunista, não abre a boca pra falar besteira. Caetano se julga culto, mas põe tudo a perder quando abre a boca pra falar, a Rita Lee nem sei se tem alguma leitura, se tem, ainda não se manifestou. Ontem, através do Programa do Jô, a Marina deu um depoimento de vida fantástico, mostrando ser uma mulher de fibra, corajosa, será que o Caetano e a Rita Lee viram esta entrevista, quem são eles perto da Marina, pergunto. É muito triste, mas é uma realidade. Desculpe-me pelo desabafo.
Abraços,
Tucanlino.
Em 19 de outubro de 2010, 08:11.
__________________________

Tucalino,
"Bom dia, amigos cultos e ocultos. Hoje tenho para vocês um disco que já há algum tempo eu venho pensando em postar aqui no Toque Musical. Um encontro de Arthur Moreira Lima com o velho 'Metralha'. Trata-se de um álbum dos mais interessantes, piano e voz. Gravado em 1992, este foi um disco que deu trabalho ao arranjador, o maestro Laércio de Freitas e à equipe de estúdio. Contam que houve uma certa dificuldade em ajustar os arranjos de piano com a voz do cantor. Tiveram que adotar outra alternativa. O velho Nelson cantou a seco, sem nenhum acompanhamento. O piano foi gravado separadamente, ou melhor, posteriormente à gravação da voz do cantor. Ao final, o resultado ficou muito bom. Para quem não conhece a história, ao ouvir o disco, pode achar um tanto diferente de outros gravados pelo Nelson. Sua voz parece já cansada, em alguns momentos e até desafina. Mas sendo o Nelson Gonçalves, o papo é outro, é coisa de um velho boêmio. Neste LP, que contou na época com o patrocínio do antigo Banco Nacional (aquele do guarda chuva) e da Transbrasil, temos um repertório de releituras de Nelson, músicas autorias em parceria com Adelino Moreira, Lamartine Babo, Wilson Batista, Cartola, Herivelto Martins, Orestes Barbosa entre outros... No disco temos doze faixas, sendo apenas duas, "Tico tico no fubá", de Zequinha de Abreu e "Lamento", de Pixinguinha, versões instrumentais executadas por Arthur Moreira Lima. Na versão CD deste disco, lançada posteriormente, foram incluídas mais quatro músicas. A produção deste LP deu origem a uma série de 50 shows da dupla pelo Brasil. Confiram aqui a versão "
Baixei e estou ouvindo agora.
Patopolino.

Prezado amigo Patopolino,
Fico feliz em saber que o pessoal está gostando, o Zé Fala Difícil está aqui em casa e, assim, ele fez um link no meu blog com o seu, ou seja, quem entrar no meu, vai querer ouvir a música e assim ele vai para o seu, sendo assim, gostaria que você fizesse um, também, no seu para o meu, e então terei a chance de ser visitado. Quanto ao MM, sempre esteve em dia, agora, MM sairá sempre a partir do dia 15 do mês sim que são, Dez/2010, Fev/2011, Abr/2011, Jun/2011, Ago/2011, Out/2011, Dez/2011, como foi relatado em Editorial, MM é bimensal, mas em compensação, o número de páginas aumentou, são 16 páginas, esta, de Dezembro, com o Especial do Adilon, terá 24 páginas, MM nunca teve tanta página assim, portanto, MM nunca demorou a sair, sempre foi pontual desde quando começou e, toda mudança, neste sentido, é sempre levada ao conhecimento dos marmorristas.
Um abraço,
Tucanlino.
Em 11 de dezembro de 2010, 11:43.
____________________________

quarta-feira, 16 de março de 2011

E-mail / 04 (Tiririca, Rua Conceição, Marina, Serra, Estado, Infarto, Metafísica, Filosofia...)

                                                                         Rubico Tantã

Caro Tucanlino,
Às vezes o dever nos impõe atitudes. Minhas idas ao Cartório  para renovar o seguro do meu carro. Quanto ao  carro posso ir por outro caminho. Já o cartório não tem jeito, só de para-quedas, porque ele fica na Rua Conceição, a rua das meninas...
Tiririca é o campeão de votos. O curioso é que essas coisas só acontecem em SP!.
Quanto ao segundo turno,  ontem acompanhei a divulgação e os comentários pela BAND. O fiel da balança são os eleitores da Marina. Matematicamente dos 19 milhões de eleitores que votaram nela, 15 milhões terão que votar no SERRA para que ele vença.
Quanto à Rua da Conceição, é apenas uma brincadeira.
Abraços,
Patopolino.

Prezado amigo Patopolino,
Se o Geraldo Pavão souber o que você anda falando da Rua Conceição, certamente o proibirá de pisar nesta rua, do jeito que ele é bairrista, ou pelo menos parece ser, não aceitará de forma alguma suas insinuações. Eu, particularmente, não esquento muito a cabeça com isso, tenho confiança no meu taco e, depois, sei que você está brincando. Agora, a única coisa que está me preocupando mesmo,  é a mudança que você sente quando passa pela Rua Conceição, sei não, parece-me que aí tem coisa. Sendo assim, eu o aconselho a não cortar o cabelo no Joãozinho, porque ele fica na Rua Conceição. Por outro lado, você tem ido, ultimamente, muitas vezes na dita cuja rua, pra mim, você está gostando de sentir aquelas coisas, cuidado, companheiro.
Um abraço,
Tucanlino.
Em 2 de outubro de 2010, 09:24.
_________________________ 

Saudações Patopolenses!
Estou, livre como um passarinho, em Patópolis. Ontem corri um risco seríssimo. Fui a pé até o final da Rua Conceição no escritório do Sebastiãozinho (professor de latim dos aspirantes a coroinha no tempo do incenso). Senti uma energia cor de rosa tentando invadir meu corpo. Tive que tomar banho com sal grosso e arruda!
Quanto ao Rubico está acima do mal e do bem. É blindado.
Abraços,
Patopolino.

Prezado amigo,
Hoje recebi uma notícia triste, a morte do Sansão da Dona Tatá, infarto fulminante aos 62 anos, tem hora que assusta ficar em Patópolis, você não tem medo não, estamos numa faixa perigosa, afinal, pra morrer basta estar vivo, portanto, é melhor aproveitar ao máximo cada dia que passa, é isso aí companheiro.
Abraços,
Tucanlino.
Em 5 de outubro de 2010, 15:27.
__________________________ 

Caro Anibal,
O Estado está pegando gente e no andar da carruagem política por aqui, é sinal de que vamos ter a pior câmara dos últimos anos. Viva o Tiririca que será um palhaço deputado numa câmara onde existem muitos deputados palhaços. Gozações a parte, é o preço que pagamos pela democracia que no fundo compensa.
Depois do feriado voltarei para JF.
Abraços,
Patopolino.

Prezado patopolense,
Na penúltima vez que estive aí em Patópolis, tive um pesadelo e acordei com o coração disparado, fui ao cardiologista,  fiz o exame da esteira e não acusou nada de errado, está tudo OK, segundo o doutor, mas o negócio assusta, ainda mais na idade em que estamos, o Sansão tinha a minha idade, ou seja, 62. É a vida. Porque ela existe, pra mim é um mistério, as religiões tentam decifrá-lo em vão, cada uma fala uma coisa, sempre foi assim e sempre será, todavia, acredito que um dia, o homem vai se cansar desta procura. A coisa é mais ou menos assim, o metafísico diz existir um gato preto inexistente num quarto escuro, já o teólogo diz ver este gato, é por aí. não sei porque, sempre volto a este denominador comum, mas a vida faz a gente filosofar sem querer, temos que questionar sempre, do questionamento vem a evolução, o homem nasceu pra perguntar, a criança quando começa a falar, a palavra que ela mais usa é porque, porque isso, porque aquilo, e eu acredito que devemos ser assim até o nosso último dia, devemos usar também a reflexiva se, e se não existisse religião, e se o Brasil fosse descoberto pelos ingleses, e se Hitler tivesse morrido aos 4 anos, e se o Tucanlino existisse, e se o Armando fosse o goleiro da Seleção, e se o Zé Dimas fosse o padre de Patópolis, e se nós não tivéssemos o órgão coração,  e se... é isso aí, companheiro.
Abraços,
Tucanlino.
Em 9 de outubro de 2010, 07:21.
___________________________  


Geraldo Pavão

E-mail / 03 (Vaca, Enterro, Ateísmo, Saramago...)

                                                  Martininho escrevendo um artigo para o MM.

Caro cidadão patopolense,
Voltar às origens é sempre muito bom, mesmo correndo o perigo de levar uma chifrada, pelo visto tudo terminou bem. Quanto a loja de móveis e eletrodomésticos no Planalto, estou sentindo que uma outra Patópolis está nascendo, não vai demorar muito para o bairro Planalto ficar maior que a cidade, são os novos tempos. Aqui em Tucanópolis, as coisas andam meio lá e meio cá, sabe como é cidade grande, mas a gente vai tocando, é isso aí.
Abraços a todos daí.
Tucanlino.
Em 19 de novembro de 2010 15:28.
___________________________ 

Caro Tucalino em terras estranhas,
VIVA PATÓPOLIS que continua linda. Foi inaugurada uma loja de moveis e eletrodoméstiscos no Bairro Planalto.Pertence a um grupo forte que tem uma rede de lojas. PATÓPOLIS está se modernizando.
Hoje vivi uma cena comum na infância. Uma vaca fugiu e aterrorizou os moradores do Triângulo. Depois refugiou-se no terreno da antiga cerâmica. Assisti uma tourada ao vivo. Os peões do Milton Bogado, dono da vaca, tentaram laçá-la mas faltou habilidade.O The End não fiquei sabendo.
Em breve estarei em TUCANÓPOLIS.
Abraços para todos, inclusive para o Rubico que agora virou pintologista.
Patopolino.

Meu caro cidadão patopolense,
Você está querendo dizer que MM está de luto, o Seu Dorigo ainda não escreveu, aqui em Tucanópolis chove muito. Quanto ao apto. no Planalto, vou pensar. É muito triste saber que o Martininho continua na contra mão, é um cara muito inteligente, mas o que fazer. Interessante, nunca imaginei que o CD que gravei com o Celino seria usado no anúncio de falecimento do parceiro, mas a vida é isso aí, parece até que já estava programada.
Um abraço,
Tucanlino.
 Em 23 de novembro de 2010, 08:32.
____________________________

Caro Tucalino em terras estranhas
Ontem depois das 22 horas desceu água em Patópolis. E hoje promete. MM já saiu do prelo? Cuidado que o Sr. Dorigo não suporta mais ansiedade. Por que não se juntam Tucanlina no espelho,Tucanlino I e Tucanlino II e compram um apto. no Planalto? As inscrições continuam abertas. Um se inscreve e três pagam. Quanto ao resto, os bastidores politicos estão em pleno vapor para as eleições municipais. A Daniele assumiu a prefeitura. Ontem passei pelo Martininho. Estava taciturno e meditabundo. A cadeira onde o Celino ficava sentado em frente da loja está no mesmo lugar. Durante o anúncio do falecimento o Linguinha colocou o CD que você gravou.
Esta semana retorno para TUCANÓPOLIS.
Abraços para todos
 Patopolino.

Prezado Patopolino,
Brincar faz muito bem à saúde, e por falar em saúde, li pela internet o bafafá que o Serra criou com os ateus do nosso Brasil varonil. Também, não podia dar em outra no encontro que ele teve com os evangélicos, num dado momento ele proferiu que os fumantes são pessoas que não dão valor à vida, assim como os ateus que nâo têm Deus no coração. Pra quê, a comunidade atéia caiu de pau em cima dele e do jornal O GLOBO, eu não sei porque esta preocupação com os ateus. Pois bem, devido a isso, o texto sofreu uma mudança, mas nem o Serra e nem O GLOBO se desculparam, tem hora que eu me pergunto, será que estamos mesmo no século XXI.
Nunca implicaram tanto com os ateus como nos dias de hoje, será que nossa comunidade está crescendo muito. O Serra deveria saber que o nosso Estado é laico, apesar do Lula ter feito recentemente um acordo com o Vaticano. A vida é luta, e, por isso mesmo, devemos lutar pelo que a gente acredita, mas sem molestar o vizinho, todo mundo tem liberdade num país que se diz democrático, ou não tem.
É isso aí companheiro, continue curtindo a terrinha, quem pode, pode, quem não pode, se sacode.
Nota: você já percebeu que não tenho usado o sinal de interrogação, pra quê, a gente sabe muito bem quando uma frase é interrogativa ou não, eu aprendi com o grande mestre, prêmio Nobel, da língua portuguesa, Saramago. Vamos simplificar os sinais, eles travam o texto, os únicos sinais que uso além dos acentos são a vírgula e o ponto, tenho observado que assim, as palavras fluem mais.
Um abraço,
Tucanlino.
Em 4 de outubro de 2010, 07:39.
___________________________ 

E-mail / 02 (Patópolis, Coronéis, Apartamentos, Deus...)

                                                               Patopolino, cheio da nota.

Patopolino,
Pelo visto, aí está melhor do que aqui, é isso aí, camarada.
Abraços,
Tucanlino.
Em 4 de novembro de 2010, 12:40.
___________________________

Caro Tucanlino,
Viva Patópolis!
Abraços,
Patopolino.
  
Meu caro Patopolino,
Bons ventos o trazem a Tucanópolis. Suas notícias são as melhores possíveis na questão da moradia em Patópolis, dá até pra pensar a respeito, principalmente nas casas do Chapadão. Outra notícia boa é o fato da decadência dos coronéis, já está passando da hora, todavia, o sistema capitalista só funciona com donos, quais serão os próximos, fica a pergunta.
Abraços,
Tucanlino.
Em 6 de novembro de 2010, 06:40.
___________________________ 

Caro tucanopolitano,
Cheguei ontem a Tucanópolis. Pagamento para receber e CONTAS para pagar. Em Patópolis Dilma venceu com 61%. O coronelismo está se definhando em progressão geométrica. Nossos caciques políticos estão perdendo a força política. PREOCUPAÇÃO: QUAIS SERÃO OS CANDIDATOS A PREFEITO? Os boatos, que tem quase sempre um fundo de verdade, não são satisfatórios. Estão abertas as inscrições para a compra de um apartamento no Bairro Planalto. Condições: comprovar 2 salários mínimos e pagar R$ 180,00 por mês na entrega das chaves. Informações: PMR. Outra dica: tem gente vendendo casa no chapadão: R$ 4.000,00 e assumir as prestações que não passa de R$ 60,00 por mês (incluindo água e luz). É uma excelente oportunidade.
Abraços,
Patopolino.

Meu caro Patopolino,
Agradeço-lhe por ter me enviado a música My Sweet Lord, a melodia é muito bonita, mas, infelizemente, Deus não existe, gostaria que existisse, deste modo não existiriam coisas ruins, o mundo acontece por acontecer, o acaso está por trás de tudo isso, não percamos mais tempo com isso, essa é a grande verdade.
Abraços,
Tucanlino.
Em 9 de novembro de 2010, 19:54.
__________________________ 

E-mail / 01 (Celular, Máquina de Escrever, Impressora...)


                                                                        Zé Fala Difícil

Zé Fala Difícil,
Já enviei o endereço e o celular do Tarzan Perereca para o Rezendino. Postei o MM-115, sexta feira passada, já chegou em suas mãos, se o Patopolino lhe procurar, dê um exemplar pra ele. No mais, aqui tudo bem e aí, pergunto. As máquinas de escrever estão ainda comigo porque está difícil enviá-las, são grandes e pesadas, mas a gente vai dar um jeito, e a impressora, está gostando, ela é praticamente semi-usada.
Abraços a todos daí,
Tucanlino.
Em 19 de outubro de 2010, 12:40.

TUCANLINO

                                                                            Tucanlino

OLÁ,


Este blog terá a função de expor os meus e-mails, uma vez que eles trazem no seu bojo notícias interessantes, qualquer correspondência, por mais pessoal que seja, sempre traz algo valioso, é só prestarmos a atenção, certa vez, o meu amigo Geraldo Pavão me disse que isso só funciona com gente importante e famosa, mas eu discordo dele plenamente, é puro preconceito, todo mundo pode sim, todo ser humano tem sua experiência de vida, por isso mesmo, não vamos jogar fora esta tecnologia fantástica que gerou a internet, através dela podemos deixar para a posteridade muita coisa boa, antes, só o poderoso ou o famoso tinham acesso aos meios de comunicação, hoje não, a coisa mudou muito e vai mudar mais ainda, portanto, caro amigo e cara amiga, tem mais, devo deixar bem claro que os meus e-mails não são fictícios, são verdadeiros.
Sendo assim, tenham um bom proveito e se quiser fazer um comentário, utilize um pseudônimo, ou não.
Sejam bem vindos.

Tucanlino, em 16/03/2011.

terça-feira, 15 de março de 2011

ANIBAL ENTREVISTA TUCANLINO / NATURA E PESSOAS

 Tucanlino

ANIBAL ENTREVISTA TUCANLINO

Anibal - Tucanlino, porque você é ateu?
TucanlinoNa verdade, apesar de ter estudado num seminário diocesano,  eu sempre questionei os dogmas da Igreja, aquela coisa de obrigar você a acreditar em coisas absurdas como por exemplo, a ressureição dos mortos, para serem julgados por Deus no Juízo Final. Sempre tive a mania de questionar tudo. Pois bem, a partir do dia em que li, ENSAIOS SOBRE O CETICISMO, um livro organizado por Plínio Junqueira Smith e Waldomiro José da Silva Filho, não tive mais dúvidas do meu ateísmo, por incrível que pareça.
Anibal - Como assim?
Tucanlino - No livro tem um capítulo que fala a respeito do primeiro ateu que se tem notícia, um monge francês que viveu no século XVI, para ele, Deus é fruto da imaginação humana e sempre foi usado pelos poderosos para se manterem no poder, temos na História a questão do poder divino do rei, além disso, Meslier, este monge, aponta os abusos dos padres no livro que deixou para a posteridade. Deste modo,  assinei embaixo tudo que ele relata sobre a intolerância religiosa que causou danos  irreversíveis à humanidade, coisas, como a Inquisição, o aniquilamento dos povos indígenas, etc, etc, etc...
Anibal - Mas os homens daquela época tinham outra cabeça.
Tucanlino - Tudo bem, mas pelo visto houve então um retrocesso terrível, digo isso porque os romanos eram tolerantes com as religiões dos povos dominados, em Roma existiam templos à deusa Isis dos egípcios. Todavia, por outro lado, fica a pergunta, E o evangelho de Cristo, como fica, nele Jesus ensina o perdão, Nietzsche está coberto de razão, O primeiro e único cristão morreu na cruz, é um pouco radical mas faz sentido. E a Noite de São Bartolomeu?
Anibal - É... realmente foi uma página lastimável da História da França, um   absurdo sem tamanho.
Tucanlino - Põe absurdo nisso.
Anibal -  Mas... e a sua família, como ela vê sua descrença?
Tucanlino - Da forma mais tranquila que você possa imaginar, criei meus filhos sem religião e eles nunca reclamaram, ou melhor, até gostaram. Por outro lado, minha mulher também  é, desde o dia em que um padre negou extrema unção ao seu pai no leito de morte. Graças a isso, minha família vive em completa harmonia, não me arrependo de nada, pelo contrário
Anibal -  E as catástrofes constantes que estão acontecendo, não seriam uma resposta de Deus às coisas ruins que o homem anda fazendo?
Tucanlino - Isto sempre aconteceu desde que o mundo é mundo. Hoje, além de ter mais gente e, consequentemente, mais construções, sem mencionar as experiências com bombas atômicas, desmatamentos, etc, etc, os meios de comunicação são muito mais eficientes. Em poucos segundos, uma notícia do outro lado do globo chega na tela do seu computador, nada escapa. Antigamente era muito difícil veicular uma notícia, só pra você ter uma ideia, a notícia do assassinato do Presidente Abraão Lincoln dos Estados Unidos, só chegou na Europa 13 dias depois.
Anibal - Uma coisa devo observar, as respostas dos ateus são por demais convincentes, dificilmente deixam dúvidas, são coerentes, pois bem, o que você acha da pesquisa que taxou o ateu mais inteligente que o crente?
Tucanlino - Não é que o ateu tem o QI mais elevado, o problema é que o crente lê só um livro e não questiona nada, ao passo que o ateu lê tudo quanto é livro, incluindo o do crente e, ainda por cima, questiona.
Anibal - A entrevista está muito interessante, mas tudo tem princípio e fim, sendo assim, para terminar, deixe uma mensagem.
Tucanlino - Não sei se é uma mensagem, é mais um pedido, Gente, vamos ser mais tolerantes, vamos respeitar a crença e a descrença, no dia em que soubermos conviver com as diferenças, o mundo certamente será outro, imagine um mundo totalmente igual, além de monótono, as coisas não sairiam do lugar, seríamos como  o gado no curral. Agora, um mundo onde todos se colocam como parceiros da mesma sorte, convivendo harmoniosamente com suas diferenças, certamente será um mundo que vale a pena ser vivido, é isso aí. Sobre esta questão eu gosto muito da música, NATURA & PESSOAS, eu aconselho ouvi-la, vale a pena.
AnibalÉ verdade, tanto assim que nós resolvemos colocá-la no blog.

video


NATURA E PESSOAS (Anibal Werneck de Freitas) Natura me cerca, / Fere-me n’alma. / Água cristalina, / Lúcida calma. / Cercam-me pessoas, / Afinam-me o espírito. / Varam-me assim / O senso crítico. / Natura e Pessoas / Buscam-me forte, / Parceiros do tempo / E da minha sorte.

Gravação de 2000, voz e teclado com Anibal Wernek e guitarra com Filipi Machado Werneck.

segunda-feira, 14 de março de 2011

O NOVO TUCANLINO

Como você pode ver, o nosso Tucanlino mudou muito, não sei o que ele viu nas suas aventuras, a bem da verdade, religioso ele nunca foi muito, por incrível que pareça, nosso personagem foi criado dentro de um seminário católico, no ano de 1963. Pois bem, de lá pra cá ele deu uma volta de 360º, é completamente ateu, mas isso não é nenhum defeito, assim como existe o crente, existe o descrente, não vamos nos escandalizar com isso, vamos nos escandalizar com a roubalheira de alguns políticos, os governos ditatoriais, gente passando fome...
Sendo assim, este é o nosso novo Tucanlino, confesso que o estou sentindo mais arejado, uma pessoa sem preconceitos, mais humana, aberta às novidades, na minha opinião, o Tucanlino mudou pra melhor, descobriu o verdadeiro sentido da vida, ou seja, viver com a consciência em paz.

OLÁ,


Meu nome é TUCANLINO, sou ateu e neste blog estarei descortinando minhas considerações sobre o ateísmo que serão postadas pelo meu criador, ANIBAL WERNECK DE FREITAS.
Portanto, com todo o respeito, se você é crente, pense duas vezes antes de entrar neste site.
Sendo ou não sendo, seja bem vindo.

Tucanlino, em 14/03/11

quarta-feira, 9 de março de 2011

CERCADA

video

CERCADA (Anibal Werneck de Freitas) Cercada de morros / Com o céu limitado. / Céu apertado, / Céu cercado, / Céu serrado / Que aperta a força, / Cerca a força, / Serra a força / Da liberdade, / Da lealdade, / Da solidariedade / Desta unidade / Cercada de morros.

Registro 48.895, Livro 15, UFRJ, 20/02/1989.

Somos limitados pelo nosso corpo, nossos movimentos são ínfimos, estamos cercados pelo mundo que ora nos conforta, ora nos agride, todavia, sentimos que existe uma parte do nosso físico que transcende a tudo isso, a ela chamamos de mente, ela vai muito além do que possamos imaginar, ela é a que nos dá o sentido de viver, graças a ela, podemos conscientizar da nossa existência, no lugar de ficarmos esperando por outra vida, por que não curtír a que temos agora explicitada pela nossa mente? Sendo assim, devemos transpor os morros que estão à nossa volta através da solidariedade, da lealdade, enfim, da liberdade. 

sexta-feira, 4 de março de 2011

TRILHOS SOLTOS

video

TRILHOS SOLTOS (Anibal)  Olha a Maria, fumaça, foguista / Os trilhos soltos vão se ajuntar / Para levar gente sofrida / De um lugar pra outro lugar. / Eu de segunda, primeira não dá, / Brasa na roupa começa a queimar, / Lenha na máquina, meu maquinista, / Apita na curva para avisar. / Olha a Maria, fumaça, estação, / Os trilhos presos vão se soltar / Para deixar gente sofrida / Vinda de onde não pode ficar.

Registro 48.894, Livro 15, UFRJ, 20/02/89.

A vida é como os trilhos soltos de uma ferrovia, ou seja, sem o trem que os prende, daí a nossa grande responsabilidade no caminhar sobre eles devido à nossa liberdade, é preciso saber escolher o que iremos fazer, todo ato gera consequência, em outras palavras, aqui plantamos, aqui colhemos. Mas se você me perguntar, E as coisas que acontecem sem a nossa culpa?, responderei que além da nossa vontade, está a vontade do mundo, confesso ser muito difícil lidar com este Universo regido pelo sistema causa/efeito, as coisas vão se aglutinando, sendo que umas dão certo, outras não. É como a água do rio que muda constantemente, tudo está por fazer, não existe nada terminado, tudo está em construção, é uma obra sem fim. É a evolução que comanda. Depois de Darwin não temos a menor dúvida, está provado cientificamente, é uma verdade contundente para os religiosos, todavia, sinto muito. Deste modo, voltando ao início, cito o filósofo Sartre que nos deixou bem evidente, O homem está condenado a ser livre, Eis aí a grande razão de viver, saber andar nos trilhos soltos da nossa existência.

O CRENTE E O DESCRENTE ESTÃO NO MESMO PATAMAR. anibal werneck de freitas.